Conheça a dança africana que faz parte da cultura brasileira

 

Texto: Priscila Gorzoni | Foto:Priscila Gorzoni  

A congada no Brasil | Foto: Divulgação

A congada no Brasil | Foto: Divulgação

Congada é uma dança, um legado das etnias africanas que tomou traços bem brasileiros. Em novembro e dezembro, passos masculinos e cantos por Nossa Senhora do Rosário são entoados por todos os cantos. A princípio diferentes, são iguais em seu embalo contagiante, identidade e diversidade cultural de nosso país.

Milhares de comunidades negras de cidades espalhadas pelo Brasil param, em novembro e dezembro, para festejar Nossa Senhora do Rosário, São Benedito e Santa Ifigênia ao ritmo das congadas. Do sul ao norte de Minas Gerais, ela se caracteriza como uma das manifestações folclóricas mais importantes da região.

Na cidade de Formiga, no oeste do Estado, por exemplo, a Festa do Reinado de Nossa Senhora do Rosário começou há aproximadamente 70 anos e acontece sempre no dia 7 de outubro. Entretanto, o folguedo pode ser visto em outras épocas do ano em homenagem a outros santos. Em Formiga são 150foliões que participam da festa para pagarem promessas. Seu José, como a maioria, entrou na congada ainda criança, aos 12 anos, levado pelo tio.

Em Carrancas, ao Sul de Minas Gerais, essa tradição é passada de uma geração para outra e levada muito a sério. Todos os anos, Carrancas recebe mais de 10 grupos de congada (com roupas diferentes, cantos e danças especiais) de cidades da região, como Perdões, Itutinga, São João Del Rei e Lavras, para festejar Nossa Senhora do Rosário.

Quer ver esta e outras colunas e matérias da revista? Compre esta edição número 149

Comentários

Comentários