Revista Raça

Capa

Apresentadora, Iza reclama da falta de negras na TV: “Somos pouquíssimas”

  • Autor: hamalli

  • Publicado em: 18/06/2018

  • Comentários:

Iza vive em uma nova fase de sua vida profissional. Além de cantora, ela passou também a apresentar no Multishow o programa Música Boa ao Vivo, que já foi de Anitta no passado. Em entrevista ao site Purepeople, a moça fez um discurso de empoderamento por maior representatividade na TV. Ela questionou sobre a falta de apresentadoras negras no país.

Sou uma mulher negra de Olaria, na Zona Norte do Rio de Janeiro, apresentando um programa em horário nobre na TV. Falo muito sobre empoderamento e representatividade porque me perguntam muito sobre isso. Quem liga a TV já está vendo uma coisa que é diferente do que está acontecendo na televisão brasileira. Quantas apresentadoras negras vemos no ar, não só no Multishow, mas nas outras redes? É um número quase, infelizmente, nulo. Somos pouquíssimas“, alertou.

A cantora acredita ser o atual momento de transição: “Quando estou aqui não estou só me divertindo e tenho a consciência de que estou representando várias meninas e meninos. E tem muita gente que, agora, se enxerga nos lugares onde estou porque sabem que é possível preencher esses lugares. Estamos vivendo um momento muito especial“, opinou.

Iza ainda comentou a repercussão da música Ginga, que vem fazendo o maior sucesso na trilha sonora de Segundo sol: “Vejo que as pessoas estão cada vez mais cantando as músicas nos shows e isso é muito legal. Vejo como ‘Ginga’ tem crescido. Já cantava ‘Bateu’, ‘Rebola’, ‘Saudade Daquilo’ e a galera canta as músicas inteiras e fico muito feliz por estarem consumindo a minha música. Quando lancei o álbum fiquei muito preocupada por não saber se as pessoas iam entender a minha proposta e hoje vejo que todo mundo entendeu sim”, comemora.

Comentários

Comentários