O livro As cores da Escravidão retrata a história de um garoto que teve sua infância escravizada

 

Texto: Redação | Foto: Divulgação

As Cores da Escravidão | Foto: Divulgação

As Cores da Escravidão | Foto: Divulgação

O novo livro de Ione de Oliveira, editado pela ftD e com ilustrações de Rogério Borges, é um achado no que se refere à escravidão. A trama envolve Tonho, que vive o sonho de uma vida melhor. Inspirado pelas histórias da avó, ele e seu amigo João começam a seguir um homem que apareceu na cidade e recruta trabalhadores, servindo de intermediário entre o empreiteiro e o peão.

Ao contrário do que sonhou, a realidade encontrada pelos meninos é dura e triste. ”As cores da escravidão” é uma história sobre inocência roubada, sonhos frustrados, infância escravizada. Mas o livro trabalha também a esperança, a compaixão, a amizade e o amor. Junto com o herói, a autora leva o leitor por uma viagem diante da visão que temos do nosso semelhante.

 

Quer ver essa e outras reportagens da revista? Compre essa edição número 179

 

Comentários

Comentários