Área digital apresentou um crescimento de 23% em 2016.
Em queda, receita da indústria da música foi de US$ 229,8 mi

Divulgado na semana passada, relatório da Pró-Música Brasil Produtores Fonográfico Associados (antiga ABPD) aponta Beyoncé como a artista internacional que mais vendeu discos no Brasil em 2016.

O balanço anual do setor mostra que o mercado de música gravada do país sofreu uma redução de 2,8% após quase três anos de crescimento contínuo. Tal queda foi influenciada por um declíneo na venda física de CDs e DVDs.

Por outro lado, a área digital apresentou um crescimento de 23% em 2016, comparado ao ano anterior. Um dos principais fatores que contribuíram para isso foi o segmento de streaming interativo, que evoluiu 52,4%.

"Acontece no Brasil exatamente o que vem acontecendo em quase todos os mercados do mundo: crescimento significativo de assinantes de plataformas de streaming de áudio", comentou Paulo Rosa, presidente da Pró-Música Brasil.

No Brasil, a receita da indústria da música em 2016 foi de US$ 229,8 milhões. A arrecadação nas vendas digitais (incluindo downloads e streaming) somaram mais de US$ 111 milhões, enquanto as vendas físicas representaram US$ 33 milhões.

O relatório também traz a lista dos 10 CDs e DVDs mais vendidos no país no ano passado, mas sem números detalhados. Beyoncé é a única artista internacional presente no ranking.

O álbum "Lemonade", lançado em abril de 2016, que entra na lista de DVDs por incluir a mídia junto ao disco, foi o segundo título mais vendido no país, ficando atrás apenas do álbum "1977" de Luan Santana.

Entre as outras obras que mais venderam estão lançamentos de Jorge & Matheus, Leonardo & Eduardo Costa, Galinha Pintadinha, Wesley Safadão e Padre Fábio de Melo.

Em abril, a IFPI (Federação Internacional da Indústria Fonográfica) divulgou seu relatório global mostrando que Beyoncé teve o álbum mais vendido mundialmente no ano passado.

Beyoncé já foi consagrada a cantora internacional que mais vendeu no Brasil nos anos de 2009, 2011 e 2013.

Comentários

Comentários