Cidadão Global, esta é a segunda vez que sou convidado para um evento com o ex-presidente Obama. A primeira foi só entusiasmo e perspectivas positivas, afinal, Obama havia acabado de ser empossado no cargo de Presidente dos Estados Unidos e sua primeira visita ao Brasil foi gozada de expectativas positivas jamais alcançadas por um outro presidente americano . Tal acontecimento extraordinário e histórico permitiu com que eu, Lázaro Ramos e Taís Araújo tirássemos uma foto em frente ao Teatro Municipal do Rio de Janeiro.

 

Nesses quase 10 anos que separam um encontro do outro muitas coisas mudaram nos aspectos cidadania, justiça e direitos humanos no Brasil e no mundo. Por isso abre-se uma certa inquietude sobre o que o ex-presidente e primeiro negro a assumir o cargo mais importante do mundo tem a dizer sobre temas tão atuais e relevantes para a humanidade e que ainda incluem racismo, xenofobia, desigualdade, armamentismo, entre outros.

 

Para os organizadores do encontro a ideia é debater e divulgar as variadas feramentas que os líderes da sociedade civil podem usar para estimular a cidadania em um cenário de rápidas mudanças no mundo. A tecnologia, as empresas, a mídia e os indivíduos têm papéis a desempenhar na formação da consciência comunitária e na construção de um futuro melhor. Oxalá possamos sair desse segundo encontro se não com o entusiasmo dos quase 10 anos atrás, com perspectivas reais de mudanças na quase inabalável estrutura racial brasileira e mundial.

Comentários

Comentários