Veja os detalhes do documentário sobre o músico Cacau do Pandeiro

 

TEXTO: Sandra Almada | FOTO: Divulgação | Adaptação web: David Pereira

Símbolo de modernidade e tradição, Cacau é parceiro de músicos das mais diversas gerações. Na foto, ele é acompanhado por Peterson Azevedo, diretor de fotografia do documentário | FOTO: Divulgação

Símbolo de modernidade e tradição, Cacau é parceiro de músicos das mais diversas gerações. Na foto, ele é acompanhado por Peterson Azevedo, diretor de fotografia do documentário | FOTO: Divulgação

 

No documentário Cacau do Pandeiro – um mundo na palma da mão, do diretor Márcio Santos e da produtora de audiovisual Cabeça Feita, instalada em Salvador, são várias as cenas em que o personagem-título compartilha seu virtuosismo com artistas das mais diferentes gerações e estilos, o que mostra o quanto Cacau do Pandeiro é um músico afinado com o seu tempo. Foram diversas as situações colhidas por Márcio e sua equipe no circuito musical da Bahia. Cacau com seus parceiros. Cacau com seu público. Cacau, alvo do interesse de acadêmicos. Cacau por seus alunos – Carlinhos Brown, entre eles. Cacau com seu pandeiro e seus diversos ritmos. Cacau e seu amor pelo chorinho...“O principal motivo de eu aceitar o convite para produzir este documentário foi a chance de homenagear um profissional de tamanha competência e relevância para a música no Brasil. E a possibilidade de fazer isto enquanto o personagem ainda está vivo, coisa muito difícil de acontecer em nosso país”, afirma Márcio Santos, cuja visão que tem de Cacau é, na verdade, uma confirmação de que, no plano pessoal, é possível viver daquilo de que gostamos, com dignidade e a despeito de questões financeiras. “Aprendi, ainda, observando-o nestes dois anos e meio de filmagens, como a dedicação, a concentração e o querer fazer bem feito, em termos profissionais, são gratificantes”, elogia o diretor. O documentário virou peça-chave de um conjunto de homenagens ao instrumentista que serão realizadas em 2012. No Rio de Janeiro, por exemplo, foram exibidas uma mostra de fotografias dos bastidores das filmagens e do cotidiano do artista, e palestras e oficinas de percussão coordenadas pelo próprio Cacau.

Quer ver esta e outras matérias da revista? Compre esta edição número 166.

Comentários

Comentários