A ex-Spice Girl Melanie 'Mel B' Brown obteve uma ordem de restrição contra seu ex-marido depois de apresentar queixa em um tribunal dos Estados Unidos alegando que ele abusou emocionalmente e fisicamente dela por grande parte do casamento de 10 anos.

Em 2013, Mel B posa com o então marido, Stephen Belafonte, em Los Angeles (Foto: REUTERS/Fred Prouser)

Em 2013, Mel B posa com o então marido, Stephen Belafonte, em Los Angeles (Foto: REUTERS/Fred Prouser)

A cantora britânica, de 41 anos, disse que o ex-marido, o produtor de TV Stephen Belafonte, a agrediu e destruiu sua auto-estima, ameaçando vazar um vídeo de sexo para a mídia se ela o deixasse, de acordo com documentos judiciais arquivados na Corte Superior de Los Angeles.

Na queixa, Mel B detalhou incidentes que remontam a 2007, quando ela alegou que Belafonte a golpeou no chão e começou a sufocá-la na noite da final do programa de TV "Dancing with the Stars".

A ordem de restrição foi concedida na segunda-feira (3) e uma audiência completa foi agendada para 24 de abril. Representantes de Mel B não retornaram pedidos de comentário nesta terça (4).

As tentativas de falar com Belafonte por telefone também não tiveram sucesso e nenhum advogado ou representante do produtor foi listado nos documentos do tribunal. Em uma entrevista ao site de celebridades TMZ na segunda, Belafonte disse: "Estou chocado com essas alegações... acho que alguém está tentando me definir como um cara mau."

Mel B e o produtor se casaram em 2007 e têm uma filha de cinco anos. Ela tem duas outras crianças de relacionamentos anteriores. A cantora, conhecida como "Scary Spice" no grupo de garotas britânicas dos anos 1990, pediu o divórcio no mês passado em Los Angeles, citando diferenças irreconciliáveis.

Comentários

Comentários