O fotógrafo francês Stéphane Goanna Munnier tem seu trabalho fotográfico voltado à cultura negra. Confira sua história

 

TEXTO: Redação | FOTOS: Stéphane Goanna Munnier e Nicole Oliveira | Adaptação web: David Pereira

 

Stéphane Goanna Munnier com Gessica Justino e Tenka Dara | FOTO: Nicole Oliveira

Stéphane Goanna Munnier com Gessica Justino e Tenka Dara | FOTO: Nicole Oliveira

 

O fotógrafo Steph é francês, mas mora no Rio de Janeiro, onde desenvolve um trabalho voltado à fotografia há mais de 10 anos. Steph veio para o Brasil em 2003 e logo se apaixonou pelas pessoas, país e cultura. Ao participar das manifestações populares, quase todas na cidade do Rio de Janeiro, ele experimentou de perto a beleza e a diversidade do povo, que por muitas vezes fica em segundo plano na correria do dia a dia. “Despretensiosamente, comecei a clicar minha realidade nesse novo lugar ao lado dos amigos, figuras da cultura popular, pessoas que direta ou indiretamente me rodeavam. Quando me dei conta, havia construído um trabalho íntimo, respeitoso e revelador, onde o processo de composição era o elo de confiança estabelecido entre o fotografado e eu.”

Model: Gessica Justino, Look: Baobá Brasil, Produção: Tenka Dara e Asumi Hiramoto, Make Up: Vê Carvalho | FOTO: Stéphane Goanna Munnier

Model: Gessica Justino, Look: Baobá Brasil, Produção: Tenka Dara e Asumi Hiramoto, Make Up: Vê Carvalho | FOTO: Stéphane Goanna Munnier

Entre os trabalhos de Steph no país, destacam-se eventos de cultura popular, shows de artistas negros ou de origem africana e ensaios de moda para a marca afro-urbana Baobá, com as modelos Gessica Justino e Aisha Jambo. A grife faz parte do Coletivo Baobá, grupo de criadores (designers, fotógrafos, modelos, produtores, estilistas) ligados à cultura e identidade negra.

Quer ver esta e outras matérias da revista? Compre esta edição número 189.

Comentários

Comentários