A Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, teria vetado a aprovação de 10 estudantes por conta de postagens racistas e de apologia ao estupro no Facebook. As informações são do jornal The Harvard Crimson, veículo especializado na cobertura de notícias e eventos relacionadas à instituição, e foram reveladas nesta segunda-feira (5).

De acordo com o jornal, a Universidade tomou conhecimento de um grupo de Facebook de alunos que haviam sido aprovados para a turma de 2021. No grupo, eles postaram memes e imagens ofensivas à negros, judeus e latinos e fizeram apologia ao estupro.

Em nota, a instituição informou que não comenta publicamente a reprovação ou aprovação de novos alunos. Estudantes que estavam no grupo da turma de 2021, no entanto, confirmaram ao The Harvard Crimson que houve o veto.

Comentários

Comentários