A obra espiritualista Jurema das Matas é o novo romance de Mônica de Castro

 

Texto: Redação | Foto: Divulgação

Jurema das Matas | Foto: Divulgação

Jurema das Matas | Foto: Divulgação

Pouco se sabe a respeito das entidades que se dispõem a trabalhar nos círculos espirituais da umbanda, aliás, o preconceito e a ignorância ainda pairam sobre esses seres, em sua maioria abnegados instrutores dotados de inteligência extrema e grande amor pela humanidade. E, em seu 15º romance, a escritora espiritualista Mônica de Castro, traz, pela Editora Vida & Consciência, um resgate (pelo espírito Leonel) da história de uma das mais importantes entidades da umbanda: a Cabocla Jurema, responsável por transmitir coragem e energia a quem necessita.

Em Jurema das Matas, Mônica narra as quatro encarnações que a precedem, mostrando o quanto a simplicidade e a franqueza são fundamentais para que as pessoas não se iludam com falsos valores de conquista e de poder. As quatro histórias se entrelaçam ao longo de todo o romance, tendo por pano de fundo a própria história das Américas e do Brasil, com úteis notas de rodapé que registram o surgimento da umbanda.

 

Quer ver esta e outras matérias da revista? Compre esta edição número 165

Comentários

Comentários