luciana_gimenez_racismo

A apresentadora de TV Luciana Gimenez foi acusada de racismo após fazer uma postagem em uma rede social na qual diz que seus empregados estão na “senzala”. Em vídeo, ela mostrou o momento em que funcionários de sua casa conversavam na cozinha. Ela pergunta a eles: “Está rolando uma bagunça aqui na senzala, é?”. Logo após, todos riem.

O vídeo foi compartilhado pelo Coletivo Sistema Negro, que questionou o tratamento dado aos funcionários, em sua maioria, negros. “Vemos pessoas públicas usando irresponsavelmente termos que remetem a um período desumano e violento para nós, negros e negras”, diz a publicação.
“Senzala não é brincadeira. Senzala é violência, é dor, é o território específico da desumanização que por quatro séculos nós, negros, sofremos nesse país. Senzala é o lugar do abandono, da invisibilidade. Senzala é lugar do estupro das mulheres negras, da bestialização dos homens negros, do desmanche da família negra e da perpetuação do racismo nas instâncias mais subjetivas que ainda atingem o povo negro, como em sua afetividade”, afirma o coletivo.

Luciana Gimenez ainda não se manifestou sobre o caso.

Comentários

Comentários