Não faz muito tempo que descobri os óleos essenciais. Lendo rótulos de cosméticos, percebi que grande parte dos princípios ativos dos produtos que compramos prontinhos para usar, têm origem na natureza. Então pensei, em chegar o mais próximo possível da natureza, sem cultivar nenhuma plantinha.

Depois de uma breve pesquisa, descobri que poderia encontrar esses princípios ativos em formato de óleo essencial. Em pouco mais de um ano, já passaram pelo meu armário mais de quinze frascos diferentes de óleos essenciais. Comecei a misturar em cremes, fazer água de cheiro, aplicar direto na pele e também usar no difusor para aromatizar ambientes.

Minha pele é muito oleosa, então comecei a incluir algumas gotas de óleo essencial de melaleuca no sabonete líquido que uso para lavar o rosto todos os dias. Senti minha pele muito mais sequinha e quando uma ou outra acne aparece, percebo que seca mais rápido e a infecção logo some. Quando aparece aquela acne enorme, molho a pontinha de um cotonete com o óleo e aplico direto na inflamação, antes de dormir. No dia seguinte, geralmente está seca. O óleo de melaleuca tem ação antisséptica e antimicrobiana e, por isso, tem eficácia comprovada contra a acne.

Minha pele além de oleosa e produtora de acne, mancha com muita facilidade. Já fiz milhares de tratamentos, todos funcionaram por um período. Mas, como decidi não tomar remédios fortes e conviver com minhas manchas e imperfeições, vou inventando misturinhas que amenizam o aspecto oleoso e, em alguns casos, até as manchas. Além do óleo de melaleuca, que já faz parte da minha rotina diária de cuidados, inclui também o óleo essencial de hortelã e o de rosa mosqueta. Ambos amenizam as manchas superficiais. Costumo misturar algumas gotas desses dois óleos na máscara de argila branca ou verde, que uso uma vez por semana ou a cada quinze dias no rosto.

Mas, o óleo curinga da minha vida é o de lavanda. Uso no difusor à noite. Meu quarto fica com um aroma incrível e ajuda muito a ter uma noite tranquila de sono. Também uso no banho quando quero dar aquele UP, ou quando estou com aquela ‘maldadezinha’ na mente. Ajuda muito a relaxar. Acho que vocês entenderam ;).

Também coloco três ou quatro gotas do óleo essencial de lavanda um borrifador com 300 ml de água filtrada. Aplico direto no cabelo para revitalizar os cachos. Quando estou viajando sempre tenho um mini borrifador na bolsa com essa misturinha.

O mundo da aromaterapia e dos óleos essenciais realmente tem chamado minha atenção. Assim como o mundo dos chás e infusões. E, mesmo sabendo pouco, já tenho me beneficiado bastante de ter incluído os óleos na minha rotina diária de autocuidado.

Rachel Quintiliano

Jornalista, pós-graduada em comunicação e saúde, consultora na área de comunicação, planejamento e sistematização com foco em saúde, gênero e raça e empreendedora do ramo de cosméticos.

 

Comentários

Comentários