Conheça a história de negros com olhos claros que causam estranheza em algumas pessoas

 

Texto: Roniel Felipe  | Foto: Roniel Felipe

William Nogueira \ Foto: Roniel Felipe

William Nogueira \ Foto: Roniel Felipe

Quando a pequena Dulce Aparecida Estevão veio ao mundo com seus chamativos olhos verdes em uma maternidade de Campinas, a canção Olhos Coloridos (Sarará Criolo), de Sandrade Sá, já era cantarolada por toda uma geração. Havia dois anos que a cantora carioca lançara a canção que exalta a beleza negra, quando a coloração dos olhos da criança, nascida na cidade vizinha à capital São Paulo, se destacou no berçário e intrigou seus parentes mais próximos.

“Na época, foi uma surpresa para muita gente, pois nenhum membro da família tinha olhos verdes. Meu pai conta que, ao me levar para casa, houve uma tremenda confusão. Quando estávamos deixando o hospital, os seguranças da maternidade lhe abordaram suspeitando que se tratasse de um sequestro. Tudo porque, além dos olhos, eu tinha uma pele mais clara que a do meu pai”, conta Dulce.

Dulce resolveu mergulhar em suas origens e passou a pesquisar sua árvore genealógica. “Descobri que minha bisavó tinha olhos verdes. A partir dela, alguns membros da família nasceram com olhos claros. Por fim, descobri que um tio também tem olhos verdes”, explica a farmacêutica.

O operador de produção William Lima Nogueira é outro negro campineiro que atrai olhares curiosos por onde passa devido aos seus olhos castanho esverdeados. Hoje, aos 30 anos de idade, Wil, como é mais conhecido entre seus amigos e familiares, se acostumou coma reação das pessoas. “Rola muita coisa estranha. Já me perguntaram se eu consigo enxergar normalmente. Tem gente que diz que não consegue olhar diretamente para meus olhos sem ficar sonolenta”, narra, em tom sorridente.

Mesmo em um país extremamente miscigenado como o Brasil, é muito comum as pessoas duvidarem da naturalidade dos olhos claros dos negros.

 

Quer ver esta e outras matérias da revista? Compre esta edição número 164

Comentários

Comentários