igorvalentin

O espetáculo teatral “Picumã: asas de passarinho preto” conta a história de um jovem negro e gay na periferia de São Paulo. O monólogo, idealizado e escrito pelo ator Igor Valentin, se confunde com a história do próprio ator.

“O espetáculo não é apenas um discurso político, mas uma narrativa que conta histórias, que percorre caminhos em busca de sentidos, que detalha e mergulha nesse universo entre becos, panoramas de lajes e rebocos, de uma alma bicha preta nos contrastes da cidade”, conta Igor.

“Picumã” na gíria gay significa cabelo, e é também o nome de um pássaro de plumagem escura. A obra narra a história de Catatau, desde seu pai religioso que o obriga a trabalhar como ajudante de obras para que possa “endireitar-se” até o seu professor racista e homofóbico.

A peça será apresentada nesta sexta-feira (17) e sábado (18) no Espaço Clariô, em Taboão da Serra, na Grande São Paulo. A entrada é gratuita. O espetáculo também estará em cartaz nos dias 01 e 02 de abril, na sede da Cia. Heliópolis, às 20h, no dia 08 de abril, no teatro da Cia. Paidéia, às 14h, e nos dias 05 e 06 de maio, no Centro Cultural Monte Azul, às 20h.

foto-por-uiu-lopes
SERVIÇO:

Datas: 17 e 18 de março (sexta e sábado)
Horário: 20h
Local: Espaço Clariô: Rua Santa Luzia- 96 - Vila Santa Luzia - Taboão da Serra/SP.
Entrada gratuita.

Comentários

Comentários