A obra Escravos conta a histórias dos primeiros afro-brasileiros

 

Texto: Redação | Foto: Divulgação

Escravos | Foto: Divulgação

Escravos | Foto: Divulgação

Esta obra conta a história dos primeiros afro-brasileiros. No início do século XIX, o tráfico negreirofez a fortuna dos senhores de escravos e seus aliados no continente africano. O único que se atreve a falar contra a escravidão, o rei Adandozan, é deposto. Seu súdito mais fiel, um jovem mestre de rituais, é vendido para um comerciante Inglês e enviado como escravo ao Brasil.

O autor narra a saga desse personagem que, depois de 24 anos como escravo e de participar de inúmeras revoltas, retorna à África para honrar a memória do seu rei, morto no esquecimento, para um país que o tornara estrangeiro.

 

Quer ver essa e outras reportagens da revista? Compre essa edição número 161

Comentários

Comentários