Revista Raça

Especiais

RAPPER EMICIDA FALA SOBRE O RACISMO

  • Autor: redação redação

  • Publicado em: 16/10/2016

  • Comentários:

Em entrevista à Ponte Jornalismo, o rapper Emicida falou sobre o caso de racismo sofrido pelo goleiro Aranha. Veja os detalhes

 

TEXTO: David Pereira | FOTO: Reprodução Ponte Jornalismo 

O rapper Emicida em entrevista para a Ponte Jornalismo | FOTO: Reprodução Ponte Jornalismo
O rapper Emicida em entrevista para a Ponte Jornalismo | FOTO: Reprodução Ponte Jornalismo

Depois do caso de racismo sofrido pelo goleiro Aranha no dia 28 de agosto, durante o jogo entre Santos e Grêmio pela Copa do Brasil, o tema voltou à pauta da mídia e tomou conta das discussões em redes sociais como o Twitter e o Facebook.

Nesta semana, o rapper Emicida falou à Ponte Jornalismo sobre o caso. Na entrevista, quando perguntado sobre o que sente uma criança negra quando presencia alguma atitude racista, o cantor disse que as crianças nessa situação querem se sentir invisíveis para não serem agredidas. "Na infância, você não entende o racismo", disse o rapper.

Ao longo da entrevista, Emicida lembrou de que grupos como os Racionais Mc's e Sistema Negro e o músico Rapinn' Hood foram importantes para ele compreender o racismo ao seu redor.

Referente ao caso do goleiro Aranha, o músico disse não ver diferença entre o racismo dentro do campo de futebol e fora dele. "Se a pessoa se sente livre para gritar que um jogador é macaco dentro de um campo de futebol, ela se sente livre para cometer diversos outros atos racistas durante o dia a dia dela", finalizou.

Link da entrevista completa da Ponte Jornalismo

 

Gostou? Veja mais matérias na Revista Raça Brasil.

Comentários

Comentários