Embaixador do Barcelona anunciou o fim de sua carreira como jogador de futebol e comentou pela primeira vez sobre: "Tudo foi incrível", disse

É o primeiro jogador de futebol a ter conquistado a Liga dos Campeões da Europa, Copa Libertadores da América, Copa do Mundo e ainda ter sido eleito melhor do mundo.

Depois de dois anos longe dos gramados para partidas oficiais, Ronaldinho confirmou sua aposentadoria . Foram mais de vinte anos como jogador profissional de futebol, que lhe permitiram escrever seu nome no esporte mundial. O primeiro anúncio havia sido feito pelo irmão e empresário do meia, e agora, pela primeira vez, foi confirmado pelo próprio craque.
"Obrigado Sr. meu Deus, por esta vida que me deste, família, amigos e minha primeira profissão! Após quase três décadas dedicadas ao futebol, me despeço do meu maior sonho, sonho realizado! Fiz o que mais amei profissionalmente por 20 anos, e 10 como formação de base", escreveu Ronaldinho em sua conta oficial do Instagram.

Obrigado Sr. meu Deus, por esta vida que me deste, família, amigos e minha primeira profissão!!! Após quase três décadas dedicadas ao futebol, me despeço do meu maior sonho, sonho realizado!!! Fiz o que mais amei profissionalmente por 20 anos, e 10 como formação de base. Vivi intensamente este sonho de criança, cada instante, viagens, vitórias, derrotas, a resenha, hino nacional, a caminhada no túnel, vestiário, entrada em campo, as chuteiras que usei, as bolas boas e ruins, homenagens que ganhei, os craques que joguei, os que admirei e joguei e os que só joguei no play, mas admiro até hoje! Enfim tudo foi incrível!!! Meu pai e minha família me apoiaram muito pra chegar até aqui, foi um trabalho em equipe. Chegamos ao fim da primeira etapa com uma história bonita pra contar… Vocês me conhecem, e sabem bem que sou tímido e não tenho o costume de falar muito, mas tenho que dizer a vocês muito obrigado, de coração, de alma lavada, pois fiz o que amo com a ajuda de todos, treinadores, preparadores, comissões inteiras, dirigentes, torcida a favor e contra, o motorista do ônibus, o roupeiro, o gandula, o árbitro e a imprensa. Obrigado, construímos juntos esta história, sem vocês nada seria possível… No mês de março faremos um anúncio de como será esta despedida e os próximos passos. Por enquanto, aqui vai meu muito obrigado ⚽. Aquela frase famosa “gracias vieja” por ser a minha fonte de inspiração por tanto tempo e companheiros de muitas vitórias!!! Obrigado a todos pelas mensagens e carinho!!! Um abraço forte, fui muito feliz fazendo deste esporte a minha vida e profissão.

A post shared by Ronaldo de Assis Moreira (@ronaldinho) on

"Vivi intensamente este sonho de criança, cada instante, viagens, vitórias, derrotas, a resenha, hino nacional, a caminhada no túnel, vestiário, entrada em campo, as chuteiras que usei, as bolas boas e ruins, homenagens que ganhei, os craques que joguei, os que admirei e joguei e os que só joguei no play, mas admiro até hoje! Enfim, tudo foi incrível! Meu pai e minha família me apoiaram muito pra chegar até aqui, foi um trabalho em equipe. Chegamos ao fim da primeira etapa com uma história bonita pra contar…", completou o duas vezes melhor jogador do mundo pela Fifa (2004 e 2005).

"Vocês me conhecem, e sabem bem que sou tímido e não tenho o costume de falar muito, mas tenho que dizer a vocês muito obrigado, de coração, de alma lavada, pois fiz o que amo com a ajuda de todos, treinadores, preparadores, comissões inteiras, dirigentes, torcida a favor e contra, o motorista do ônibus, o roupeiro, o gandula, o árbitro e a imprensa. Obrigado, construímos juntos esta história, sem vocês nada seria possível…", agradeceu o ex-camisa 10 do Barcelona .

"No mês de março faremos um anúncio de como será esta despedida e os próximos passos. Por enquanto, aqui vai meu muito obrigado. Aquela frase famosa “gracias vieja” por ser a minha fonte de inspiração por tanto tempo e companheiros de muitas vitórias! Obrigado a todos pelas mensagens e carinho! Um abraço forte, fui muito feliz fazendo deste esporte a minha vida e profissão", finalizou.

Carreira

Revelado pelo Grêmio em1998, três anos depois de jogar no futebol brasileiro como profissional, foi vendido para o Paris Saint-Germain. Em 2003, foi comprado pelo Barcelona por 21 milhões de euros. Na época, com a camisa 10 do clube da Catalunha, viveu o auge de sua carreira e chegou a ser eleito duas vezes o melhor jogador do mundo pela Fifa.

O meia deixou o Barça em 2008 e ainda defendeu o Milan por mais duas temporadas, quando voltou ao Brasil para jogar pelo Flamengo e depois pelo Atlético-MG. Em 2014 foi para o México, onde foi contratado pelo Querétaro. No ano de 2015, teve rápida passagem pelo Fluminense, última equipe na qual jogou.

Ronaldinho Gaúcho é o primeiro jogador de futebol a ter conquistado a Liga dos Campeões da Europa (Barcelona, 2004/2005), Copa Libertadores da América (Atlético-MG, 2013), Copa do Mundo (2002, seleção brasileira) e ainda ter sido eleito melhor do mundo.

Comentários

Comentários