Já se foi o tempo que banho de creme resolvia tudo. Agora, os produtos são pensados para hidratar, nutrir ou reconstruir os fios

Mesmo que de forma inconsciente, quando a indústria da beleza nem usava esses termos, eu acabava optando por produtos diferentes na hora de cuidar do meu cabelo, de acordo com a necessidade de cada momento.

Em determinadas épocas do ano, quando sentia o cabelo muito seco, adotava óleos. No verão sempre usava produtos levinhos e de fácil absorção. Depois de um processo químico, como alisamento, relaxamento ou tintura, não abria mão de produtos mais pesados e cheios de vitaminas.

Mas, só quando comecei a atuar no ramo da beleza, descobri que existem produtos específicos para hidratar, nutrir e reconstruir os fios.

Os produtos para hidratação geralmente reparam danos mais simples e as máscaras com esta finalidade são indicadas para todos os tipos de cabelo, inclusive aqueles que nunca passaram por processos químicos, mas, que às vezes parecem ter perdido o brilho, a maciez e a vitalidade devido à exposição ao sol, a secadores e chapinhas, ao cloro de piscinas ou até mesmo a lavagens excessivas. Para estes casos a oferta de produtos parece infinita e geralmente os competentes das máscaras e cremes de tratamento têm extratos botânicos de flores e frutas. O Pantenol, a Aloe Vera (babosa) e a glicerina são encontrados com frequência nos produtos para hidratação capilar.

Conversando descobri que mesmo quem tem cabelo oleoso gosta de fazer nutrição. Sempre que faço, sinto meu cabelo mais forte e sedoso. O mais comum é fazer nutrição com óleos vegetais como o azeite de oliva e óleo de coco. Mas, existem também, máscaras e cremes específicos para isso. Clica aqui e confere minha dica de umectação capilar.

A reconstrução é sem dúvida o tratamento mais delicado e indicado para cabelos fracos, quebradiços, tingidos, alisados ou com danos mais severos. Aqui, as máscaras e cremes são basicamente formulados para repor proteínas e aminoácidos, o que deixa os fios mais fortes e até mais encorpados (mais grossos). É comum encontrar queratina, proteína hidrolisada e colágeno na composição desses cremes e outras soluções cosméticas para a reconstrução dos fios capilares.

Mas, tudo isso é só para dar um up na cabeleira e manter uma rotina de cuidado diário. Se o problema é sério, o ideal é procurar um médico dermatologista.

 

Com informações de: Hidratação, nutrição e reconstrução.

Rachel Quintiliano

Jornalista, pós-graduada em comunicação e saúde, consultora na área de comunicação, planejamento e sistematização com foco em saúde, gênero e raça e empreendedora do ramo de cosméticos.

Comentários

Comentários