Confira a sinopse do filme Febre na Selva (Jungle Fever), estrelado por Wesley Snipes e dirigido por Spike Lee

 

TEXTO: André Rezende e Amilton Pinheiro | FOTO: Divulgação | Adaptação web: David Pereira

Cena do filme "Febre na Selva" | FOTO: 40 ACRES & A MULE FILMWORKS – ©1991

Cena do filme "Febre na Selva" | FOTO: 40 ACRES & A MULE FILMWORKS – ©1991

Como diretor, Spike Lee dispensa apresentações. Uma das maiores revelações do cinema norte-americano do final do século 20, ele sabe como ninguém mostrar uma visão geral avançada e única da tensão racial urbana. A começar pelo próprio título deste filme, Jungle Fever, termo usado por Spike Lee para a atração sexual saudável entre diferentes raças.

Sinopse do filme Febre na Selva:  Flipper Purify (Wesley Snipes) é um arquiteto jovem e ambicioso, de uma tradicional família do Harlem, temente a Deus. Flipper é casado com Drew (Lonette McKee), mas mantém um romance com Angie (Annabela Sciorra) uma secretária italiana. Quando sua esposa descobre a traição, o abandona. Outro problema de Flipper é o irmão Gator (uma das apresentações mais notáveis de Samuel L. Jackson), viciado em crack.

Quase todos os personagens têm algo a dizer sobre a relação de Flipper e Angie. O “fervor racial” no qual se encontram e a paixão à flor da pele com a qual Spike Lee ilustra o casal fazem com que permaneçam juntos e tentem assumir o romance. Por muitas vezes, parece que Spike Lee carrega os dois personagens não como seres humanos, mas como representantes de negros e brancos, assim como todos os demais personagens o enxergam. O diretor mostra meticulosamente os motivos que impulsionam Flipper e Angie a permanecerem juntos, ao mesmo tempo em que forças cada vez mais violentas que os separam. É um filme indubitavelmente perspicaz e psicológico, com atuações marcantes.

Quer ver esta e outras matérias da revista? Compre esta edição número 176.

Comentários

Comentários