A atriz Thalma de Freitas sofre com abuso de poder de policiais no Rio de Janeiro

 

Texto: Redação | Foto: Divulgação

Thalma de Freitas sofre com abuso de poder de policiais | Foto: Divulgação

Thalma de Freitas sofre com abuso de poder de policiais | Foto: Divulgação

No Rio de Janeiro, a atriz e cantora Thalma de Freitas foi abordada por policiais militares na Avenida Niemeyer, próximo de um dos acessos ao Morro Chácara do Céu, no Vidigal, quando deixava a casa de uma amiga. Durante a ação da PM, a atriz mostrou os documentos e tirou todos os objetos da bolsa, colocando-os no capô da viatura.

Mesmo não encontrando nada, dois policiais disseram que Thalma era suspeita e a levaram para a delegacia para que fosse feita uma revista, pois não havia policiais femininas durante a abordagem. “A delegada não me obrigou, mas fiz questão de ser revistada pela policial feminina. “É a primeira vez que passo por essa humilhação”.

Não há outra coisa a fazer exceto processá-los por abuso de poder. Por que a loura que estava sendo revistada antes de mim não veio para cá? Será que artistas como eu e moradores do Vidigal, negros como eu, precisam passar por isso? Será que temos que ter medo da polícia? Por que estou aqui? Sou suspeita de quê? Gostaria que eles me explicassem”, desabafou Thalma.

 

Quer ver esta e outras matérias da revista? Compre esta edição número 163

Comentários

Comentários