Saiba mais sobre a carreira da cantora gospel Jamily

 

TEXTO: Cláudia Canto | FOTO: Rafael Cusato | Adaptação web: David Pereira

A cantora Jamily | FOTO: Rafael Cusato

A cantora Jamily | FOTO: Rafael Cusato

 

Algumas pessoas podem lembrar de Jamily, ainda criança, no programa do Raul Gil. Na época, a menininha de nove anos de idade fez a plateia delirar com o timbre poderoso da sua voz. Hoje ela cresceu e se tornou uma das cantoras mais respeitadas e agraciadas do cenário gospel. Com mais de 20 anos de idade, já conta com quatro discos de ouro, um DVD de ouro e outro de platina.

Além de fazer shows por todo o Brasil, frequentemente se apresenta nos Estados Unidos, na Europa e África. Em 2012 assinou contrato com a gravadora Som Livre e lançou o CD Além do Que os Olhos Podem Ver, o sétimo de sua carreira. Jamily, que se revelou uma ótima compositora, lançou um novo trabalho com composições exclusivas, além de interpretar algumas letras em espanhol e inglês.

Criada na igreja evangélica, teve contato com a música gospel desde cedo. Aos três anos, já era convidada para cantar em igrejas, casamentos e festas. “Era uma menina muito ousada, se comportava como uma estrela. Tanto que, quando chegou no Raul, não teve o menor pudor”, conta a mãe com orgulho. Sua carreira foi além das paredes da igreja e hoje agrada todos os tipos de público. Jamily é daquele tipo de artista que vai aonde o povo está: desde as tribos indígenas até as igrejas mais distantes do Brasil. “Meu público é muito variado, desde homossexuais até evangélicos; o programa Raul Gil ajudou muito neste sentido. As pessoas que gostavam das minhas apresentações no programa continuam me prestigiando. Eu fico muito feliz, porque quero muito que a minha música leve amor e fraternidade para todos os tipos de pessoas, independente da religião”, afirma.

A própria artista não conhecia ainda a exata dimensão da repercussão de seu trabalho, até chegar à África. Foi lá que pode avaliar o quanto seu trabalho tinha quebrado barreiras. “Quando cheguei a Angola, não acreditei no que vi. As pessoas gritavam eufóricas na porta da rádio em que fui entrevistada, foi muito emocionante”, conta Jamily. Com a internet sua música viajou o mundo: seus vídeos no Youtube já acumulam 80 milhões de Jamily: do Raul Gil direto para o sucesso gospel visualizações. A partir disso, foi convidada para cantar nos Estados Unidos e na Europa. Uma das experiências mais marcantes, segundo a cantora, foi cantar o hino norte-americano na abertura de um jogo de baseball, quando foi aplaudida de pé.Ela afirma que, apesar de já ter cantado músicas românticas, sua preferência, sem dúvida, é o gospel e encara isso como uma verdadeira missão. Segundo a cantora, suas melodias já causaram situações inexplicáveis para quem não acredita no poder da fé. “Estava no Maranhão, fazendo um show para mais de 18 mil pessoas, quando, de repente, uma menina se levantou da maca onde estava há muito tempo debilitada, por causa de um erro médico. Subiu no palco e me abraçou. Estas coisas não há dinheiro que possa pagar”, conta Jamily emocionada.
Quer ver esta e outras matérias da revista? Compre esta edição número 177.

Comentários

Comentários