Apropriação cultural e suas polêmicas

Redatormarço 16, 20203 min
https://revistaraca.com.br/wp-content/uploads/2020/03/03145048737060-1024x439.jpg

Por Jane Costa

A apropriação cultural vem ocorrendo a décadas de forma incisiva e silenciosa, tomando de assalto toda uma cultura, seja ela negra, asiática ou indígena. A discussão é bastante polêmica e delicada, levada a intermináveis discussões entre brancos e negros, que não se concluem em posições harmônicas.

Vocês lembram da jovem branca, abordada em uma estação de metrô por uma mulher negra, por estar usando um turbante, símbolo de resistência cultural, sob a alegação de que ela não poderia usar aquele tipo de adereço, já que se tratava de uma cultura negra? A jovem estava usando o turbante porque sofria de leucemia e, por conta da quimioterapia, tinha queda dos cabelos. O que dizer deste caso, visto que ele dividiu opiniões à época dos fatos?

Carmem Miranda e Simone Beauvoair não eram negras e usavam turbantes. E destaco ainda a polêmica capa da revista ELLE, onde o cantor Pharrel Willians pousou com um cocar indígena, gerando várias críticas, levando-o a público se desculpar pelo ocorrido. Ainda nessa seara, o caso excecional da suástica, que representava felicidade e boa sorte entre os budistas e os hindus, e se tornou um símbolo nazista.

Para continuar lendo esse artigo, faça sua assinatura digital em https://revistaraca.com.br/assinatura/

Comentários

Comentários

Redator

https://revistaraca.com.br/wp-content/uploads/2017/08/logo-scaled.jpg

Há 24 anos no mercado, a pioneira e mais antiga publicação negra do Brasil.

Comentários

Comentários