Ranking da Forbes com as 10 atrizes mais bem pagas do mundo não traz nenhuma mulher negra ou não-branca na lista

Mulheres negras vencedoras do Oscar, como Viola Davis e Lupyta Nyong'o, não aparecem, nem de longe, na lista de atrizes mais bem pagas do mundo elaborada pela Forbes.

Divulgada todos os anos, a versão de 2017 não traz nenhuma novidade para quem sabe que o sistema midiático - e o econômico, político, etc. - segue com pessoas brancas de forma hegemônica, mostrando que nem o talento nem os poucos avanços em busca de mais igualdade racial conseguem furar a barreira do racismo.

A lista da Forbes de 2017 traz Emma Stone no topo do ranking, com ganhos de US$ 26 milhões no ano passado. Em seguida, vêm Jennifer Aniston (US$ 25,5 milhões), Jenniffer Lawrence (US$ 24 milhões), Melissa McCarthy (US$ 18 milhões) e Mila Kunis (US$ 15,5 milhões).

 Emma Watson, Charlize Theron, Cate Blanchett, Julia Roberts e Amy Adams fecham o top 10. Em 2016, novamente, apenas brancas (Fan Bingbing, asiática, e Deepika Padukone, indiana, eram as poucas fora do padrão).

E em 2015? Nenhuma das atrizes mais bem pagas era negra, mais uma vez.  Uma incrível "coincidência".

Será que, nos últimos anos, nenhuma atriz negra mereceu ter um bom salário por seu talento? Vejamos:

  • Viola Davis venceu neste ano o Oscar de melhor atriz coadjuvante por "Um limite entre nós";
  • Naomi Harris foi indicada ao mesmo prêmio por sua magistral atuação em "Moonlight";
  • Octavia Spencer também foi indicada na mesma categoria em 2017. Ela já venceu o Oscar em 2012 por "Histórias Cruzadas", que também conta com Viola Davis e Emma Stone;
  • Taraji P. Henson e Janelle Monáe estão no filme "Estrelas além do tempo" - juntamente com Octavia Spencer - que foi indicado ao Oscar de Melhor Filme em 2017;
  • Lupita Nyong'o foi eleita a Melhor Atriz Coadjuvante por "12 Anos de escravidão", em 2014;
  • A série "Black-ish", das atrizes Tracee Ellis Ross e Yara Shahidi, foi indicada ao Emmy 2017 de melhor série de comédia; Ross foi indicada a melhor atriz em série de comédia, inclusive.
  • Uzo Aduba, de "Orange is the New Black", foi indicada ao mesmo prêmio como melhor atriz coadjuvante em série dramática;
  • Regina King, da série "American Crime", foi indicada ao Emmy 2016 como melhor atriz coadjuvante em minissérie;

Acima, 10 nomes de atrizes negras que têm talento. Será mesmo que ganha mais que trabalha mais ou melhor? Será coincidência que TODAS as atrizes mais bem pagas sejam brancas? É fundamental observar a falta de representatividade e diversidade em listas como essa.

Comentários

Comentários