Atriz Érika Ferreira morre com suspeita do coronavírus  

Redaçãomarço 29, 20202 min
https://revistaraca.com.br/wp-content/uploads/2020/03/20200329_104220.jpg

Por Flavia Cirino  Foto: Divulgação

 

O novo coronavírus vitimou atriz Erika Ferreira, na noite de sábado (28). A atriz, que fez do espetáculo musical É Samba na Veia, é Candeia”, vencedor do prêmio Shell de melhor direção musical de 2009, foi internada na última terça feira (24) com uma forte gripe e falta de ar.

Nascida em São Gonçalo e formada pela Escola Técnica Estadual de Teatro Martins Penna, Erika vinha se destacando no cenário das artes. Casada com o ator Sylvio Moura, ela era diretora da Companhia Teatral Agromelados.

 

Em nota oficial, a Oficina Social de Teatro (OST) lamentou a morte da atriz e enalteceu sua participação de Erika na composição do teatro.

 

“Vá com Deus, nossa Diva!”, finaliza a nota, homenageando a artista.

 

Erika iniciou sua carreira como atriz em 1991. Além de atuar, também era diretora, e tinha forte participação social junto ao movimento negro, além de estar sempre ensinando no Teatro.

 

 

O local do velório e funeral do corpo da atriz ainda não foram divulgados.

Comentários

Comentários

Redação

https://revistaraca.com.br/wp-content/uploads/2017/08/logo-scaled.jpg

Há 24 anos no mercado, a pioneira e mais antiga publicação negra do Brasil.

Comentários

Comentários