Revista Raça

Capa

Carol Barreto em residência artística nos EUA

  • Autor: hamalli

  • Publicado em: 21/10/2018

  • Comentários:

A modativista Carol Barreto, a compositora Laila Rosa a jornalista Mira Silva, foram convidadas para uma residência acadêmica e artística, de 22 de outubro a 2 de novembro de 2018, que incluirá uma série de palestras, workshops e apresentações artísticas, na William and Mary University, uma universidade localizada na cidade de Williamsburg, no estado da Virgínia (EUA).

O ponto culminante da visita das três artistas será o trabalho com estudantes de graduação em Estudos Latino-Americanos, Teatro e Música na produção da Performance ‘Coleção Asè’. Este evento e suas palestras associadas são de grande valor para a universidade, tanto para o corpo docente e os alunos, dada as experiências das convidadas com a arte performance, principalmente as relações políticas no debate sobre feminismo e anti-racismo.  A residência é apoiada com fundos da Universidade William and Mary, Departamento de Música em conjunto com o Departamento de Estudos Africanos, o College of the Liberal Arts, e o Programa em Estudos Latino-Americanos.

Dentre as atividades da residência artística está também mais uma viagem a Nova York com o objetivo de produção de conteúdo para a finalização do documentário Coleção Asè. No ano passado Carol Barreto realizou em NY um Artist Talk sobre o processo criativo da Coleção Asè sob a perspectiva do Fashion Activism com a parceria de Laila Rosa que fez a produção da trilha sonora. Agora Mira Silva participará das atividades de pesquisa e produção de conteúdo, com a gravação de entrevistas com mulheres negras ativistas no campo da moda e da arte, para a finalização do documentário Coleção Asè. As atividades para elaboração do documentário versam sobre os temas: Gênero, Moda e Ativismo Anti-Racista.

"As fotos são inéditas e fizemos na viagem do ano passado a NYC, no jardim da ponte do Brooklyn, quando fomos gravar outra parte do documentário Coleção Asè. Dando segmento a proposta artística do trabalho, convidamos uma mulher comum e não uma modelo, para ser fotografada por Luana Amaral, sob minha direção e de Laila Rosa. Isata Yansaneh trabalha numa editora de Revista de Moda e com essa experiência analisa o racismo na área de moda." diz Carol Barreto. 

Sobre a coleção: “A coleção Asè nasceu com inspiração nas marcas da afrobrasilidade, sob o impacto do retorno de uma mulher negra baiana à Angola, terra de onde saíram nossos ancestrais, reverenciando nossa história de negritude no Brasil. O ponto de partida é o imaginário alimentado durante décadas, por meio da oralidade, de rituais religiosos e culturais, por africanos escravizados no Brasil, de volta à nossa terra original. ” A obra Coleção Asè já circulou internacionalmente nas cidades de Luanda – AG, Nova York – EUA, Cidade do México – MEX, Salvador – BA e agora segue para Williamsburg, no estado da Virgínia (EUA) para depois voltar ao Brasil em circulação em outras importantes galerias de arte.

 

Comentários

Comentários