O Cortejo Dois de Junho recebe mais os NAFROPM

 

Texto: Redação | Foto: Divulgação| Adaptação web Sara Loup

Representantes do NAFROPM na Praça Municipal | Foto: Divulgação

Representantes do NAFROPM na Praça Municipal | Foto: Divulgação

 

Mais uma vez, o Núcleo de Religiões de Matriz Africana da Polícia Militar do Estado da Bahia (NafroPM/BA) participou do celebrado cortejo do Dois de Julho tocando atabaques e cantando para homenagear os Caboclos e os heróis da Independência baiana. A primeira participação dos policiais militares, pertencentes à primeira entidade representativa de religiosos de matriz africana numa corporação militar aconteceu em 2008, a convite do professor Ubiratan Castro, presidente da Fundação Calmon.

O grupo de policiais militares desfilou logo após os carros do Caboclo e da Cabocla e, durante o deslocamento (entre o largo da Lapinha e a Praça Municipal), os membros do NafroPM/BA foram saudados por autoridades, religiosos de matriz africanas e membros da sociedade que prestigiavam o cortejo.

 

Quer ver esta e outras matérias da revista? Compre esta edição número 169

Comentários

Comentários