Clique de reunião familiar da apresentadora foi 'detonado' na rede social por causa da ausência de negros e gays

Reações barulhentas de seguidores no Instagram são sempre imprevisíveis. Mas até Fátima Bernardes, acostumada ao burburinho da web, deve ter se surpreendido com a polêmica provocada por uma foto de família que a apresentadora publicou na rede social.

Ao voltar de férias em Mônaco, Fátima foi recebida por vários amigos de seus filhos, que fizeram uma surpresa para ela. “Chegar de férias e encontrar a casa assim é bom demais”, escreveu, na legenda do clique. A imagem foi recebida com uma saraivada de críticas, por um motivo curioso: a falta de “diversidade” entre os convidados.

“Cadê o negro, o gordo, o transexual? Diversidade para os outros é refresco”, reclamou um seguidor. “As minorias que a Fátima diz defender só entram mesmo no Projacquistão. Na casa dela só tem branco e hétero. É tipo aquela frase ‘socialismo pra vocês, capitalismo pra mim”, disse outro. “Aqui podemos ver a representatividade trans, negra, indígena, lésbica, de periferia que a nossa rainha da lacração de todas as manhãs prega. Vai, planeta!”, observou outra.

A onda de reclamações rendeu um contra-ataque à altura. Vários seguidores da apresentadora ironizaram o fato de que se cobrava diversidade até em um momento íntimo da vida de Fátima – o que, para muitos, é absurdo. “Ninguém é obrigado ter negros e gay em uma foto, isso chega ser ridículo. Não sou contra gay, muito menos negros, mas isso é fora do comum”, comentou uma fã, resumindo o sentimento de muitos outros.

Fátima não se pronunciou sobre o caso.

Comentários

Comentários