Fintech criada por negros, Conta Black é uma das finalistas de premiação mundial da KPMG

Fundada por Sérgio All, a hub de serviços financeiros deverá se apresentar a uma banca de jurados que considerará critérios como disrupção e inovação

A Conta Black – hub de serviços financeiros e de consumo alocado em uma conta digital – fundada por Sérgio All e Fernanda Ribeiro, dá mais um importante passo dentro do mercado de startups. Fundada por pessoas negras, a startup está entre as dez finalistas da etapa brasileira do Global Tech Innovator 2021 competição global da consultoria KPMG. A vencedora participará da etapa final que acontece em Portugal, no início de novembro

Com participação de 14 países, a premiação tem o objetivo de evidenciar iniciativas e fomentar uma comunidade para trocas de informação e a realização de negócios dentro deste ecossistema. O ponto chave para a escolha das 10 finalistas foi a pluralidade dos segmentos de atuação e a origem dos fundadores das companhias inscritas. Para além de seu propósito central de atender a população desbancarizada, a Conta Black se destacou pela configuração de cenário: fundada por pessoas pretas e liderada por uma mulher negra. As demais finalistas nacionais são Bornlogic, Intera, Ecotrace Solutions, Justa, Krilltech, Cycor Cibernética, JustForYou, Octa e Linker.

Em setembro, acontece a segunda etapa da competição, onde as startups selecionadas se apresentarão a uma banca de jurados que irão considerar critérios como disrupção e inovação; potencial de mercado; adoção do cliente; tração de mercado e marketing, potencial a longo prazo; e qualidade da apresentação, para a escolha da representante brasileira. A vencedora participará da etapa final em Lisboa, Portugal, entre os dias 1 e 4 de novembro, durante o Web Summit, em que enfrentará os outros vencedores locais dos 14 países que promoveram o Global Tech Innovator.

Comentários

Comentários

About Author /

Start typing and press Enter to search