Flamengo: Gerson acusa Ramirez, jogador do Bahia, de racismo durante a partida

“Cala a boca, negro!”

E mais uma vez no futebol, uma denúncia de racismo foi realizada. Desta vez, o volante Gerson do Flamengo acusa o jogador Ramirez do Bahia, após receber ofensas depois do apito final do jogo de hoje.

Para o Premiere, Gerson declarou indignado o ocorrido. “Ele falou bem assim: ‘cala a boca, negro!’ Eu nunca falei nada disso porque eu nunca sofri, mas isso daí eu não aceito. Eu não aceito!”, relatou.

O mais recente episódio de racismo teria acontecido durante uma confusão entre o jogador rubro-negro e o técnico Mano Menezes, onde Gerson pedia respeito ao treinador do time baiano após algumas palavras proferidas contra ele. De acordo com o jogador, o técnico adversário ainda teria dito “Ah, agora você é vítima, não é? O Daniel Alves te atropelou e você não falou nada” e que não se pronunciou sobre pois há respeito entre ele e Daniel Alves.

“Eu nunca falei de treinador, mas o Mano tem que saber respeitar. Estou vindo falar aqui por mim e por todos os negros do Brasil.” – afirmou o volante na mesma entrevista.
Estamos com você, Gerson! Sua voz será ouvida!
Até quando?

Comentários

Comentários

About Author /

Start typing and press Enter to search