Home Capa Guardiola apoia Sterling após racismo da torcida do Chelsea: ‘Temos que lutar...

Guardiola apoia Sterling após racismo da torcida do Chelsea: ‘Temos que lutar diariamente’

O episódio de racismo sofrido por Raheem Sterling, no duelo entre o Manchester City e o Chelsea, na Stamford Bridge, pela Premier League, foi assunto na coletiva de imprensa de Pep Guardiola. O técnico dos Citzens demonstrou todo o seu apoio ao atacante, de 24 anos, e ainda concordou com as queixas feitas pelo jogador em suas redes sociais, de que a mídia também alimenta o preconceito racial no futebol.

Guardiola ainda elogiou a postura do Chelsea, que identificou e baniu quatro torcedores de partidas até que seja concluída uma investigação.

– Estive com o Sterling no dia anterior à sua publicação no Instagram. A sua posição sobre o assunto era evidente. O Racismo está em todo o lado. Hoje em dia com os imigrantes, refugiados e como são tratados, mesmo quando os nossos avós também foram refugiados. Temos que lutar diariamente. Fico feliz com a reação do Chelsea. Se acontecesse no meu clube, faríamos o mesmo – afirmou Guardiola que ainda completou:

– Temos que lutar, não é apenas aqui, é em todo o lado e em toda a Europa. É difícil de compreender como é que isto ainda acontece, no século 21.

O atacante Leroy Sané, companheiro de Sterling no City, também comentou sobre o caso de racismo e que diz se sentir triste de que isso ainda aconteça. Vale lembrar que Sané é um dos poucos atletas negros que atuam pela seleção da Alemanha

– É triste que ainda aconteça. Estamos todos com o Sterling. Ele é um cara forte, e fantástico, ele sabe como lidar com isso. Ainda está um pouco confuso, quer jogar o melhor possível e está focado no próximo jogo. Isso é o mais importante – afirmou.

Comentários

Comentários