A empresa anunciou que investirá em projetos de inclusão da comunidade afrobrasileira

 

TEXTO: Redação | Adaptação web: David Pereira

Anúncio de investimento da Coca-Cola na questão etnicorracial

Anúncio de investimento da Coca-Cola na questão etnicorracial

A Coca-Cola Brasil anunciou o investimento de R$ 5 milhões para projetos de inclusão da comunidade afrobrasileira. O fundo é uma iniciativa da Coca-Cola Foundation em parceria com a matriz brasileira. Nas palavras da presidente da fundação, Lisa Borders, “a iniciativa pretende promover ações que respeitem e insiram a população afrobrasileira”.

De acordo com o presidente da Coca-Cola Brasil, Xiemar Zarazúa, estima-se que o investimento impactará cerca de 100 mil pessoas nos próximos três anos, tendo como foco ações que trabalhem com educação, cultura e comunidades.

A instituição também anunciou a criação do Coletivo Conexão, nova modalidade da plataforma Coletivo Coca-Cola, que desenvolverá ações audiovisuais e criará uma rede de comunicação entre as comunidades de baixa renda.

Entre as iniciativas que receberão recursos do fundo estão o Instituto Steve Biko (Salvador, BA), que tem como foco o acesso de estudantes da rede pública a universidades; o jornal comunitário Voz das Comunidades, sediado no Complexo do Alemão (RJ), a ONG Ser-Alzira Aleluia (RJ) e o Instituto Feira Preta (SP).

O ativista de direitos humanos Joe Beasley afirmou durante o anuncio que “espera que outras empresas se inspirem e se engajem no apoio e na criação de programas voltados à população afrodescendente”. Outras parcerias serão feitas ao longo desses três anos, de acordo com o vice-presidente da Coca-Cola Brasil, Marco Simões. Estas serão anunciadas no edital que democratizará a aplicação do fundo.

Quer ver esta e outras matérias da revista? Compre esta edição número 187.

Comentários

Comentários