Lima Barreto é tema de peça em Caxias e Jacarepaguá/RJ

Monólogo teatral discute racismo, eugenia e celebra o escritor e intelectual negro, Lima Barreto

Volta à cena no Rio de Janeiro, para únicas apresentações no mês de maio, o premiado “Traga-me a cabeça de Lima Barreto!” monólogo teatral interpretado por Hilton Cobra que reflete sobre racismo e eugenia a partir da obra do escritor Lima Barreto.

A nova temporada acontece no mês em que celebramos o nascimento de Lima Barreto (13 de maio de 1881), cujos pensamentos e textos seguem mais atuais do que nunca. Lima foi um autor que muito bem traduziu o Brasil através de obras com grande consciência crítica, pautadas na temática social, expressando injustiças como preconceito e o racismo.

Leia a resenha do livro “Lima Barreto”, de Cuti, publicada neste ano, no site da Revista Raça. 

Cobra reconhece a importância de se fazer um tributo a Lima Barreto. “Acredito que ele deve ter sido, se não o primeiro, um dos primeiros autores brasileiros que colocaram esse ‘mundo esquecido’ em qualidade e com importância dentro de uma obra literária”, destaca o ator.

“Existe uma urgência em frear a perpetuação das estruturas sociais e raciais no Brasil que insistem em colocar homens e mulheres pretos como cidadãos de segunda classe. Passados três anos da estreia da peça, e diante dos efeitos causados pela pandemia à população negra e pobre, acreditamos que o espetáculo se mantém atual e necessário para refletir e debater racismo e eugenia”, explica Hilton Cobra.

Sobre o espetáculo Traga-me a Cabeça de Lima Barreto!

Escrita pelo diretor e dramaturgo Luiz Marfuz, especialmente para comemorar os 40 anos de carreira do ator Hilton Cobra. Com direção de Onisajé (Fernanda Júlia), a peça mostra uma imaginária sessão de autópsia na cabeça de Lima Barreto, conduzida por médicos eugenistas.

O propósito seria esclarecer Como um cérebro, considerado inferior pela ciência eugenista da época, poderia ter produzido e publicado inúmeras obras literárias de qualidade, se o privilégio da arte nobre e da boa escrita é, para eles, um privilégio das raças consideradas superiores?”. A partir desse embate, a peça mostra as várias facetas da personalidade e da genialidade de Lima Barreto.

Serviço

Traga-me a cabeça de Lima Barreto!

Ingressos: R$ 20,00 (inteira) | R$ 10,00 (meia-entrada). Vendas em https://www.sympla.com.br/

Teatro Firjan SESI CAXIAS – RJ

Data: 27.05.2022 –  Horário: 20h

Rua Artur Neiva, 100, 25 de Agosto, Duque de Caxias, RJ. Fone: (21) 3672-8369

Teatro Firjan SESI JACAREPAGUÁ – RJ

Data: 28.05.2022 –  Horário: 20h

Av. Geremário Dantas, 940, Freguesia de Jacarepaguá, Rio de Janeiro, RJ. Fone: (21) 3312-3750

Comentários

Comentários

About Author /

Jornalista, produtora de conteúdo, defensora dos direitos humanos e promotora da equidade de gênero e raça. Escreve sobre identidade e autoestima para a revista impressa e sobre livros e filmes para o site.

Start typing and press Enter to search

Open chat
Preciso de Ajuda
Olá 👋
Podemos te ajudar?