Micro podcast dá dicas sobre literatura negra

Produzido por Rachel Quintiliano, colunista da Revista Raça, o micro podcast dá dicas sobre literatura negra

O projeto já está na segunda temporada e apresentou livros de autores de várias partes do mundo, publicados de forma independente ou por grandes editoras, entre eles, Nelson Mandela, Yaa Gyasi, Conceição Evaristo, Alice Walker, Jeferson Tenório, Elizandra Souza e Paulina Chiziane, escritora moçambicana que recentemente foi agraciada com o Prêmio Camões. 

Em formato de micro podcast com episódios de no máximo 4 minutos, Rachel Quintiliano dá dicas de literatura negra e divide opiniões sobre livros afro centrados.

O último episódio disponibilizado apresenta o livro “Imprensa negra no Brasil do século XIX”, de Ana Flávia Magalhães Pinto, lançado em 2010 pelo Selo Negro. O texto apresenta uma escrita leve, bem argumentada, repleta de provas e costurada de tal maneira que se torna inequívoco o registro da participação ativa da imprensa negra na luta por liberdade. 

São 181 páginas divididas em quatro capítulos que analisam oito títulos, compreendendo o período de 1833 a 1899. Inclusive, 1833 é uma data a ser registrada. Foi naquele ano, no dia 14 de setembro, que o primeiro jornal da imprensa negra brasileira foi publicado, chamado de “Homem de Cor”.

O penúltimo episódio também abordou tema similar e muito mais recente. Apresentou o livro “As palavras de Martin Luther King”, que traz os principais discursos do ativista pelos direitos civis nos Estados Unidos, Martin Luther King.

Onde ouvir o Mundo da Rua Podcast?

Anchor:https://anchor.fm/mundodarua

Foto: Suad Kamardeen / Unsplash

Comentários

Comentários

About Author /

Jornalista, pós-graduada em comunicação e saúde, produtora de conteúdo, defensora dos direitos humanos e promotora da equidade de gênero e raça. Escreve sobre beleza, identidade, autoestima, livros e filmes. É também idealizadora do Mundo da Rua Podcast.

Start typing and press Enter to search