Revista Raça

Capa

Nos Estados Unidos, jogadores da Team One são vítimas de racismo e insultos

  • Autor: hamalli

  • Publicado em: 19/02/2018

  • Comentários:

Recém chegados aos Estados Unidos, os jogadores da Team One sofreram com comentários racistas e insultos durante uma partida online.

 

O problema aconteceu durante o confronto contra a 2K, pelo qualificatória fechado da quinta temporada da ECS norte-americana, na noite do último sábado (17).

Durante o confronto, os jogadores da 2K usaram o chat de voz do jogo para provocar os Golden Boys, dizendo que estava “muito fácil” e que os brasileiros “estavam perdidos”.

Os norte-americanos, porém, não ficaram só no campo das provocações. Andy “devastation” Parr falou “f***-** o Brasil” após ser morto por Pedro “Maluk3” Campos. Mais tarde na série, o jogador imitou um macaco após a Team One vencer o round.

Apesar da tentativa de desestabilizar emocionalmente a Team One, a 2K acabou derrotada por 2 a 1 e está eliminada da competição. Os brasileiros seguem vivos na briga pelas vagas na ECS Challenger Cup.

Organizadora da competição, a FACEIT ainda não se manifestou publicamente.

“ESTAMOS AQUI PARA JOGAR”

Atualmente nos Estados Unidos com os jogadores, o proprietário da Team One, Alexandre “kakavel” Peres, tuitou sobre os acontecidos, se desculpou pelos jogadores brasileiros terem respondido as provocações e aproveitou para alfinetar a 2K.

 

Comentários

Comentários