‘Pantera Negra’, Glenn Close e Rami Malek vencem o prêmio do Sindicato dos Atores

redação redaçãojaneiro 28, 20198 min
https://revistaraca.com.br/wp-content/uploads/2019/01/2019-01-28t041605z-1435090301-rc1e58d299f0-rtrmadp-3-awards-sag-1024x688.jpg

O elenco do filme “Pantera Negra”, Glenn Close e Rami Malek foram os grandes vencedores do prêmio do Sindicato dos Atores (SAG) no domingo (27) à noite, considerado uma prévia do Oscar.

O filme sobre o super-herói africano da Marvel, maior bilheteria mundial em 2018, venceu a categoria de melhor elenco ao superar “Nasce uma Estrela”, “Infiltrado na Klan”, “Bohemian Rhapsody” e “Podres de Ricos”.

O filme também venceu na categoria melhor elenco de dublês em filme.

Nas categorias individuais, o SAG confirmou em grande parte a premiação do Globo de Ouro.

Rami Malek venceu na categoria melhor ator por sua interpretação de Freddie Mercury em “Bohemian Rhapsody”, enquanto Glenn Close levou a estatueta por seu papel no filme “A Esposa”. Ambos passam a ser considerados favoritos para o Oscar.

“Roma”, do diretor mexicano Alfonso Cuarón, um dos grandes filmes da temporada, não recebeu nenhuma indicação no SAG.

Nas categorias coadjuvantes, os vencedores foram Mahershala Ali por “Green Book: O Guia” e Emily Blunto por “Um Lugar Silencioso”.

Nas categorias de TV, a grande vencedora foi a série de comédia “The Marvelous Mrs Maisel”, com três prêmios: melhor ator (Tony Shalhoub), melhor atriz (Rachel Brosnahan) e melhor elenco.

Nas categorias para séries dramáticas, Sandra Oh foi considerada a melhor atriz por “Klling Eve”, enquanto Jason Bateman recebeu a estatueta por “Ozark”

O prêmio de melhor elenco de série dramática foi vencido por “This Is Us”.
Fonte: Globo

Comentários

Comentários

redação redação

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

https://revistaraca.com.br/wp-content/uploads/2017/08/logo-scaled.jpg

Há 24 anos no mercado, a pioneira e mais antiga publicação negra do Brasil.

Comentários

Comentários