Plataforma de streaming libera filmes grátis até 10/11

Os filmes fazem parte da Mostra de Cinemas Negros Mahomed Bamba: Olhares Periféricos

Até o próximo domingo (10/11) estão disponíveis, gratuitamente em plataforma de streaming, mais de dez filmes nacionais e internacionais, no escopo da edição especial da Mostra de Cinemas Negros Mahomed Bamba: Olhares Periféricos

Conforme o site do evento, a Mostra Itinerante de Cinemas Negros Mahomed Bamba (MIMB) é um festival internacional de cinema que atua ampliando espaços de acesso para obras cinematográficas produzidas por pessoas negras. A mostra contempla ainda ações formativas e educacionais, conferências e apresentações culturais.

Segundo a diretora-executiva da mostra, Daiane Rosário, “a hospedagem da mostra na Wolo TV representa o fortalecimento mútuo de iniciativas pretas”. Ela ainda acrescenta, que “nessa conexão construímos não só janelas de exibições para produções, mas potencializamos o consumo e o acesso a streamings gerenciados e exclusivos para conteúdo preto”.

A realização da mostra é de responsabilidade da Rosários Produções Artísticas, liderada por mulheres negras que buscam, como elas mesmas dizem, resistir e protagonizar a cena do cinema da Bahia para o mundo. Daiane Rosário, Loiá Fernandes, Kinda Rodrigues, Taís Amordivino e Júlia Moraes estão à frente de direção, produção, roteiro e programação.

Diretor de filme defende plataforma de streaming como ferramenta de acesso ao cinema

Segundo Lucas de Jesus, roteirista e diretor do filme “Quantos Mais”, “o cinema negro e até mesmo os artistas negros sempre viveram em um constante apagamento nas telas e por trás delas, e eu vejo o streaming, como espaços para potencializar e dar voz as nossas narrativas e histórias. Além do mais, hoje em dia temos alguns canais de streaming voltados a dar voz, vez e visibilidade para os realizadores negros. Isso significa que estamos construindo nossos próprios caminhos para termos nossas histórias representadas para um grande público”.

Lucas de Jesus, dirigiu e roteirizou o filme “Quantos Mais”, que conta a história de  João, que só queria lutar por um mundo melhor e mais justo, mas uma triste realidade vem à tona.

Parece que a ficção se conecta com a realidade e o diretor reitera que foi uma alegria imensa saber que o filme estaria na MIMB. “Esta mostra tão potente e tão representativa quando se fala de cinema e principalmente de cinema negro. Nosso filme representa um grito engasgado na garganta de milhares de pessoas e estar na mostra significa ecoar nosso grito por mais lugares possíveis”.

Saiba quem foi Mohamed Bamba

Mohamed Bamba (1966-2015), natural da Costa do Marfim e radicado no Brasil por mais de 20 anos, foi uma referência para pesquisadores e pesquisadoras sobre cinema na África e na diáspora. 

Confira a programação completa da mostra: https://www.mimb.com.br/programacao-olhares-perifericos

Para assistir é preciso fazer o cadastro da plataforma Wolo.tv

Foto: divulgação do filme moçambicano, “Quanto Mais”.

Comentários

Comentários

About Author /

Jornalista, pós-graduada em comunicação e saúde, produtora de conteúdo, defensora dos direitos humanos e promotora da equidade de gênero e raça. Escreve sobre beleza, identidade, autoestima, livros e filmes. É também idealizadora do Mundo da Rua Podcast.

Start typing and press Enter to search