Revista Raça

Capa

Programa da Globo distorce caso da menina que teve os cabelos alisados sem autorização e causa revolta nas redes sociais

  • Autor: hamalli

  • Publicado em: 17/07/2018

  • Comentários:

Segundo publicação da VejaSP, ontem (14/07), o programa É de Casa, da Rede Globo, recebeu a menina Izabella e sua mãe, Fernanda Taysa, para conversar sobre a polêmica que se envolveram no começo deste mês.

Segundo a postagem feita pela mãe da criança, de Governador Valadares, em Minas Gerais, a menina Izabella teve os fios alisados e cortados, contra a sua vontade, ao passar o fim de semana com o pai e a madrasta. O desabafo teve mais de 400 mil curtidas e 174 mil comentários.

Após a notícia viralizar, muitos profissionais e marcas se disponibilizaram para restaurar os cachos da menina. A menina recebeu ajuda de uma salão na sua cidade para recuperar os seus cachos. No programa a menina e sua mãe falaram sobre todo o processo de recuperação, porém, não mencionaram o caso que foi considerado uma espécie de racismo implícito por muitas pessoas.

Na atração, a menina chegou a dizer que achou que seu pai e madrasta seriam presos após a repercussão de todo o caso. O foco da entrevista, liderada por André Marques, foi deixar uma lição de que não se deve fazer certos procedimentos estéticos sem antes um conhecimento e pesquisa sobre o assunto.

Os internautas ficaram chocados com a abordagem de André Marques. “Gente, o André Marques mudou totalmente a história da Bella. Tirou a parte do racismo e de mudarem o cabelo sem autorização da mãe. Contou como se fosse só uma história de química que deu errado“, explicou uma das espectadoras.

Outros reclamaram do fato da mãe não corrigir o apresentador ao ele afirmar que Izabella tinha consentido com o pai sobre a mudança do seu cabelo. “No É de Casa estão a mãe e a filha que teve o cabelo alisado pelo pai e madrasta sem autorização, mas a história está sendo contada pelo André Marques como um simples tratamento cosmético que deu errado. Qual a verdade? Foi um alisamento forçado ou só algo legal que deu errado?“, questionou a internauta Marce

Comentários

Comentários