Saiba mais sobre o projeto viva Riachão

 

TEXTO: Marla Rodrigues | FOTO: Douglas Campos e Maitê Freitas | Adaptação web: David Pereira

O cantor Riachão | FOTO: Douglas Campos e Maitê Freitas

O cantor Riachão | FOTO: Douglas Campos e Maitê Freitas

Lenda viva do samba baiano, Clementino Rodrigues, o Riachão, nasceu no ano de 1921, no bairro do Garcia, onde vive até hoje. O bloco mais irreverente do carnaval da Bahia, o Mudança do Garcia, é também uma das mais tradicionais manifestações culturais da festa em salvador. O bloco que se destaca pela participação popular e diversidade de personagens, que apresenta críticas aos políticos brasileiros, este ano homenageou Riachão.

Aos 92 anos, ele ainda esbanja energia, disposição, sabedoria e criatividade. Autêntico personagem das histórias de Jorge Amado, pinta de malandro, segue a vida amando o riso e a festa. O projeto “Viva Riachão” era uma reivindicação dos antigos moradores do bairro do Garcia e incentivadores da festa no ano em que o circuito recebe oficialmente o seu nome. Riachão era só felicidade: “Não tenho palavras para agradecer, só um lindo Deus pode dar a vocês o que vocês merecem”, agradeceu e, com toda a alegria que lhe é peculiar, subiu no trio e puxando o bloco da Mudança atravessou o bairro do Garcia até o circuito Osmar, cheio de energia e beleza.

Quer ver esta e outras matérias da revista? Compre esta edição número 191.

Comentários

Comentários