Home Capa Santos lança camisa e campanha contra o preconceito racial

Santos lança camisa e campanha contra o preconceito racial

Camisa da Umbro possui logomarca do Observatório da Discriminação Racial

O Santos apresentou, neste domingo (29), na vitória diante do CSA por 2 a 0 pelo Campeonato Brasileiro, sua nova terceira camisa. O modelo, todo escuro, é uma reverência aos atletas negros que defenderam o clube. Feito pela Umbro, o uniforme segue a ideia da marca inglesa de retomar os anos 90 na coleção de terceiras camisas lançadas neste mês.

O novo manto santista apresenta grafismos sublimados que formam objetos geométricos na frente e nas costas da peça, com destaque para o losango, símbolo da fabricante esportiva. A manga também conta com uma arte própria, com as siglas “S.F.C.” do clube aplicadas em embossing por todo o ombro.

Há ainda um tecido diferenciado nas costas, com modelagem levemente maior que a parte frontal para melhor ajuste, também beneficiado por uma abertura lateral. Elementos que agregam valor à peça também estão no viés na manga e na gola diferenciada em ribana, com detalhe e viés contrastante, além do escudo da equipe, aplicado em TPU com relevo termoaplicado.

Por último, além do uniforme feito pela Umbro, o Santos também anunciou uma parceria com o Observatório da Discriminação Racial e lançou a campanha #ChegaDePreconceito. O órgão foi criado para monitorar e divulgar, por meio de seus canais, os casos de racismo no futebol e propor ações educativas para erradicar o preconceito. A logomarca da iniciativa já esteve presente na camisa santista.

“O Santos FC é celeiro de grandes atletas negros que foram revelados ao mundo do futebol. O clube que se tornou conhecido no planeta todo nos anos 60 revelou ao mundo Lima, Dorval, Mengálvio, Coutinho, e o maior atleta de todos os tempos, Edson Arantes do Nascimento, o Pelé. Depois vieram Robinho, Neymar, Rodrygo, entre outros. Com tamanha importância na história do futebol brasileiro e mundial, o Santos FC é um parceiro fundamental na luta contra todas as formas de discriminação, principalmente o racismo”, afirmou Marcelo Carvalho, idealizador do Observatório da Discriminação Racial no futebol.

A nova camisa já está sendo comercializada na versão Atleta, pelo valor de R$ 269,90. Para as torcedoras do clube praiano, também já é possível adquirir o modelo feminino por R$ 189,90.

“A ação #ChegadePreconceito faz parte da campanha do Observatório da Discriminação Racial no futebol de combate ao racismo. O país com o maior número de negros fora do continente africano não pode mais acreditar no mito da ‘democracia racial’, não pode mais acreditar que os incidentes racistas são fatos isolados, precisa admitir que o racismo existe e o combater de forma cada vez mais enérgica. E o Observatório acredita no futebol como um importante instrumento de inclusão social e de luta contra a violência e a discriminação”, finalizou Marcelo.

Comentários

Comentários