Após o discurso da atriz Taís Araújo durante o TEDxSaoPaulo viralizar nas redes sociais, seu nome foi parar entre os assuntos mais comentados do Twitter nesta quinta (16).

No evento, que aconteceu na capital paulista em agosto, Taís falou sobre racismo em um vídeo intitulado "Como criar crianças doces num país ácido" -ela e o também ator Lázaro Ramos são pais de duas crianças, João Vicente e Maria Antônia.

"Quando eu engravidei do meu filho, eu fiquei muito aliviada de saber que no meu ventre tinha um homem. Porque eu tinha a certeza de que ele estaria livre de viver situações vivenciadas por nós mulheres. Certo?", diz trecho do discurso. "Errado. Porque meu filho é um menino negro. Liberdade é um direito do qual ele não vai poder usufruir. No Brasil, a cor do meu filho é o que faz que as pessoas mudem de calçada, segurem suas bolsas, blindem o seus carros".

Com a repercussão do vídeo, a atriz foi alvo de usuários do Twitter que argumentam não existir racismo no Brasil.

"Quer a receita pra aparecer entre os TTs? Faça como a Taís Araújo: vitimize-se! Se faça de coitadinha! Sucesso garantido!" e "Uma frase que agride a lógica e a estatística. Se metade da população é negra ou parda, esses racistas da Taís Araújo teriam que andar no meio da rua" são alguns dos comentários que aparecem quando procura-se o nome "Taís Araújo" no micro-blog.

Apesar das críticas, a atriz também foi muito reverenciada. "Tais, acabei de ver o vídeo completo e concordo com tudo o que você disse. Eu, como mulher branca, tento ao máximo melhorar minhas ações com mulheres e homens negros. Muito bom que você fale sobre isso, porque infelizmente o racismo ainda está presente no Brasil. Espero que futuramente essas diferenças diminuam", disse uma comentarista.

 

Fonte: Folhapress

 

Comentários

Comentários