Os angolanos comemoram neste sábado o 42° aniversário da independência do país em relação a Portugal. A decisão aconteceu em 11 de Novembro de 1975, por iniciativa do primeiro Presidente do país, Agostinho Neto.

Agostinho Neto era o líder do O MPLA que controlava a capital, Luanda. Os outros movimenmtos UNITA e FNLA também ploclamaram a independência na mesma data. “Diante de África e do mundo proclamo a Independência de Angola”, declarou Agostinho Neto. Com esse ato, concluiu-se o processo pela independência ,iniciado no dia 4 de Fevereiro de 1961, com a luta de libertação nacional.

O Brasil do então presidente Erneste Geisel foi o primeiro país a reconhecer a independência da nação africana. A decisão teve grande influência do diplomata brasileiro Ovídio de Andrade Melo, que estava em Angola. Ele havia assumido a função como representante junto à administração transitória estabelecida por Portugal, logo após a Revolução dos Cravos.

Em Brasília, a independência foi celebrada ontem, com uma recepção organizada pela Embaixada de Angola no Clube Naval. Em Angola, o 42º aniversário foi comemorado em uma cerimônia na cidade de Huíla, dirigida pelo novo presidente de Angola, João Lourenço.

De acordo com João Lourenço, o Brasil permanecerá nos próximos anos como um país considerado prioritário para as relações internacionais de Angola.

Comentários

Comentários