Revista Raça

Capa

Coral Vozes de Angola encerra o Mês da Consciência Negra

  • Autor: redação redação

  • Publicado em: 27/11/2018

  • Comentários:

O Coral Vozes de Angola encerra nesta quarta-feira (28) as atividades do Mês da Consciência Negra, evento promovido pela Secretaria de Estado da Cultura. A apresentação acontece às 20h no Centro de Convenções Edson Dalke, em Almirante Tamandaré, Região Metropolitana de Curitiba, com entrada gratuita.

O coral é composto por dez jovens universitários angolanos, todos deficientes visuais, que chegaram ao Brasil em 2015, refugiados da guerra civil. O grupo usa a música como meio para se comunicar com o mundo e dividir um pouco da história de vida deles. No repertório, músicas em dialetos africanos e também músicas brasileiras, cantadas à capela ou com o acompanhamento de teclado, violão e atabaque.

MÊS DA CONSCIÊNCIA NEGRA - Esta foi a quarta edição do Mês da Consciência Negra. Ao todo, desde o dia 1º de novembro foram 92 eventos entre shows, palestras, oficinas e demais atividades culturais, abertas ao público, que evidenciaram o valor e o papel da comunidade negra na construção da sociedade paranaense.

A ação faz parte do Programa DiversdArte, da Secretaria da Cultura, e busca promover  e incentivar ações afirmativas e inclusivas que contribuíam para o fim de toda e qualquer tipo de discriminação. “Foi assim que nós criamos, em 2015, o Mês da Consciência Negra. É um grande marco para a cultura do Paraná, principalmente pelo que a cultura afro significa para o nosso Estado. É mais uma ação do Programa DiversidArte. Foram quatro edições deste evento e acredito que conseguimos incluir essa pauta importantíssima na cultura do Paraná”, disse o secretário de estadual da Cultura, João Luiz Fiani.

A edição de 2018 homenageou a atriz paranaense Odelair Rodrigues. Pioneira na TV e parceria de Ary Fontoura, no Teatro de Bolso da Praça Rui Barbosa, Odelair ganhou uma exposição em sua homenagem. Fotos, objetos da artista e peças cênicas de algumas das obras que encenou ainda podem ser vistas até o dia 15 de dezembro, no Hall da Secretaria da Cultura, em Curitiba.

Outro destaque foram os shows. Em Curitiba, cerca de 1.200 pessoas assistiram, no Guairão, ao show com Sandra de Sá com a participação das cantoras Michelle Mara, Janine Mathias, Kátia Drumond e da Soulution Orchestra. A apresentação aconteceu logo após a cerimônia de entrega do Diploma Personalidade Afro-Paranaense, onde 10 personalidades foram homenageadas.

O Diploma Personalidade Afro-Paranaense foi entregue pelo segundo ano consecutivo.   É uma homenagem da Secretaria de Estado da Cultura como reconhecimento ao desempenho nas áreas em que essas pessoas atuam e de seu compromisso da igualdade racial e protagonismo nas ações de valorização da população negra no Paraná. A escolha dos homenageados foi realizada pela Secretaria em parceria com Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial (Consepir).

O público de Ponta Grossa também pôde conferir o repertório das cantoras Michelle Mara, Janine Mathias e Kátia Drumond, que fizeram shows no sábado (24).

Outros municípios do Estado também participaram das atividades do Mês da Consciência Negra. Pinhais recebeu a exposição Mulheres Negras do Paraná, que homenageia 10 mulheres negras de destaque da sociedade paranaense, além de oficina de turbantes e roda de leitura. Outras cidades que receberam atividades foram: Nova Itacolomi, Piraquara, Doutor Camargo, Mato Rico, Rosário do Ivaí, Paranavaí e Iguaraçu.

 

Fonte: agencia de notícias  do paraná

Comentários

Comentários