Gilmar Fubá nasceu de novo. O ex-jogador do Corinthians descobriu que sofria de um câncer na medula óssea e chegou a ter um prognóstico de apenas seis meses de vida. Hoje ele celebra a recuperação que surpreendeu até os médicos e mostra muita gratidão aos amigos que estão ajudando com uma gorda contribuição de até R$ 1 milhão pelo tratamento.

ex-atleta já completou quatro ciclos da quimioterapia e passou pela fase mais difícil do tratamento. Hoje, duas semanas após receber alta, ele se mostra sorridente e já foi até acompanhar um jogo de futebol dos amigos entre eles Muller, Dinei, Viola, Vampeta e Ronaldo Giovanelli. "Eles ficavam com medo de me falar, mas meus amigos sabiam de tudo. Eles [médicos] me deram seis meses de vida porque [o câncer] estava muito alastrado, meus ossos estavam todos estourados. Ficaram com medo de me falar", conta. "Diziam: 'quem vê sua tomografia e não te vê, pensa que ou já morreu ou está em coma'". Segundo o ex-jogador, os médicos se mostra surpresos com a recuperação. "Eles mesmo falam: 'você é mutante'. Desde o começo estava com o rim parado. A médica falou: 'tenho 15 anos aqui e nunca vi uma pessoa reagir à primeira quimioterapia como você reagiu. Seus ossos estavam todos estourados'"

gilmar-fuba-celebra-recuperacao-apos-cancer-1491075829050_615x300

Comentários

Comentários