A quarentena e a moda

Jane Costamaio 4, 20204 min
https://revistaraca.com.br/wp-content/uploads/2020/05/tair_marassulov_87354367_1675785652562233_7278775751661680237_n.jpg

Estamos vivendo um momento único. No mundo todo é “essa tal de quarentena”, que em pouco tempo mudou hábitos para adequá-los à “necessidade” do momento.

No início dessa pandemia, as pessoas ficaram perdidas, sem saber como se portar, mas aos poucos foram surgindo “necessidades” dignas de quem está há mais de 15 dias em casa.

Uma das repercussões se deu na internet: as lives, que pipocaram por todo lado. Diversos músicos optaram por elas e bateram recordes de acesso. Mas o que me chamou a atenção não foram as lives propriamente ditas, mas a quantidade de pessoas que se arrumaram para assisti-las EM CASA.

Vi um casal de amigos que se preparou para assistir a um show em sua sala com cerveja em balde, aperitivos cortadinhos. Ambos muito bem vestidos, como se fossem ao Carnegie Hall. Mas antes do assistirem aos shows fizeram vídeos chamadas em grupo para os amigos.

Outra moda advinda da quarentena foi a das máscaras, modelo cirúrgico obrigatório para o dia a dia; inicialmente eram brancas básicas, atualmente tenho visto máscaras de marcas renomadas. Encontrei até máscaras com Cristais Swarovski, o luxo do luxo. Sinal dos tempos.

Agora, o que mais tem arrebentado nessa quarentena é o vídeo de transformação conhecido por desafio “Don’t Rush Challenge”, onde a pessoa aparece simples, sem qualquer maquiagem ou produção. Em, em seguida, ela transforma o look, aparece linda, produzida, maquiada, passando a bola para a próxima amiga ou amigo. Tudo isso acontece na casa de cada um que se apresenta no vídeo em sequência.

Esse vídeo foi feito também pela cantora Iza, que teve mais de 5 milhões de acessos, junto com Tais Araújo, Sheron Menezes, Cacau Protássio e outras maravilhosas. Homens também entraram na onda, e um desafio com negros de diversos segmentos também bombou. A brincadeira de transformação cativou adolescentes, senhoras, jovens, famílias, geral mesmo!

Continue lendo

Comentários

Comentários

Jane Costa

Estudiosa do mundo da moda, engajada em causas pela inclusão racial e advogada.

https://revistaraca.com.br/wp-content/uploads/2017/08/logo-scaled.jpg

Há 24 anos no mercado, a pioneira e mais antiga publicação negra do Brasil.

Comentários

Comentários