Conheça Aliko Dangote, o negro mais rico do mundo

Aliko Dangote é um empresário, fundador e presidente da Dangote Group, a maior produtora de cimento do continente africano. A empresa também atua no mercado de commodities na Nigéria e em outros países, com destaque para o refino de açúcar.

Segundo a Forbes 2021, Aliko Dangote é o homem mais rico da África, com patrimônio de US$ 11,5 bilhões. O montante também o torna a 191ª pessoa mais rica do planeta.

Além da fortuna gerada por seu império  – que inclui participação em companhias que exportam bens de consumo como açúcar, arroz, farinha e peixes – Aliko Dangote também descende de uma família com bastante riqueza.

O braço responsável pela produção de cimento, a Dangote Cement, opera cerca de 45,6 milhões de toneladas do material por ano, em 10 países. A Dangote Cement tem capital aberto na bolsa de valores da Nigéria e Aliko Dangote detém 85% das ações.

Está em projeto de construção também uma refinaria de petróleo do grupo, que deve ser uma das maiores do mundo.

Trajetória de Aliko Dangote

Aliko Dangote nasceu em em 10 de abril em 1957 na cidade de Kano, Nigéria. O avô de Dangote, Alhaji Alhassan Dantata, foi o homem mais rico de sua época no continente africano. Ele, que foi comerciante de arroz e aveia, faleceu em 1955.

Aliko Dangote é formado em administração e negócios pela Al-Azhar University, localizada na cidade do Cairo, Egito.

Desde cedo, o bilionário tinha propensão ao mundo dos negócios: quando criança, ele comprava doces e os revendia para os amigos.

Aliko Dangote e o Dangote Group

A história do grupo Dangote tem início em 1977, como uma pequena empresa comercial. começou como vendedor a granel de arroz entre outros produtos. Mas logo expandiu as atividades para transporte e importação de cimento.

Na década de 1990, começou a investir em técnicas de produção têxteis, de farinha, sal e refinamento de açúcar. Mas foi com o cimento que alcançou ainda mais destaque.

Atualmente, o Dangote Group é a maior empresa industrial da Nigéria. Cerca de 70% do mercado de açúcar da Nigéria é dominado pelo Dangote – com isso, é o maior fornecedor do alimento para indústrias de bebidas e confeitarias, por exemplo. É também a terceira maior refinaria de açúcar do mundo. São mais de 30 mil funcionários empregados pela companhia.

A atuação do grupo também passa pelo setor de telecomunicação. Milhares de quilômetros de fios de fibra ótica foram instalados na Nigéria pela empresa.

Em uma entrevista para o jornal Nigerian Observer, em 2014, Aliko Dangote disse que um caminho para o maior desenvolvimento do seu país era o investimento por parte de nigerianos que acumularam patrimônio no exterior .

Deixe-me dizer isto e quero realmente enfatizar: nada vai ajudar a Nigéria como os nigerianos trazendo de volta o seu dinheiro. Se você me der US$ 5 bilhões hoje, vou investir tudo aqui na Nigéria. Vamos colocar nossas cabeças juntos e trabalhar”, disse o bilionário à publicação.

A fortuna ligada a commodities faz de Aliko Dangote o homem mais rico da África. Outro bilionário que lidera o ranking do seu continente é o indiano Mukesh Ambani, que também tem negócios em commodities. 

Comentários

Comentários

About Author /

Start typing and press Enter to search