Home Capa Consciência Negra e Moda Afrobrasileira

Consciência Negra e Moda Afrobrasileira

O que é a consciência de ser negra (o) e como podemos provocar a reflexão sobre o Racismo por meio de imagens? Pensando Raça como uma narrativa sobre origem e o Racismo como a concepção da superioridade de um grupo humano, com determinadas características físicas e culturais, sobre os demais grupos humanos existentes no planeta, começamos a entender a importância da imagem e da aparência como locus de produção da identidade e da diferença. Sabemos que na História, determinadas corporalidades foram significadas como imagens de autoridade ou de subalternidade, e encontra-se exatamente nessa conexão, a provocação que trazemos aqui. Como resultado do Laboratório Criativo em Moda Afrobrasileira – uma proposta teórico-político-metodológica para imersão reflexiva e criativa, com a finalidade de instrumentalização no âmbito do Projeto de Construção de Imagem de Moda – apresentamos aqui as imagens criadas pelas equipes, resultantes do debate acerca das relações entre imagem e poder, materializando nas fotografias as nossas provocações, como uma contribuição a desconstrução dos estereótipos de inferioridade das pessoas negras na sociedade brasileira. Esse grupo de imagens é resultado do nosso incômodo e da crescente conscientização sobre a necessidade de se pensar o corpo, a aparência, a moda e o vestuário, como esferas efetivas de disputa política, pois se trata de uma luta pela descolonização dos nossos corpos, dos modos de representação e especialmente, dos nossos modos de existência. Ser, parecer e aparecer são esferas indissociáveis de uma mesma trajetória de vida, e por meio das imagens construídas nessas fotografias, lhe convidamos a pensar sobre o modo como, você mesma, pessoa vivente ou sobre-vivente, tem Sido, Parecido e Aparentado.

Carol Barreto

Fotografia: Anderson Paz Assistente de Fotografia: Raphael Queiroz Beleza: DaMata MakeupStyling: Carol Barreto e Rafael Alexandre Nunes Modelos: Suellen Massena, Maria Massena, Moara Sacchi, Felipa Anastácia e Luanda.  Equipe Criativa: Anderson Paz, Rosa Flor, Luanda, J. Pimentel.

*Conteúdo produzido a partir da ação formativa “Laboratório Criativo em Moda Afrobrasileira” realizada de 16 a 19 de outubro de 2019, por Carol Barreto, no Sesc Campo Limpo, no projeto em rede “Tecnologias Negras”.

Comentários

Comentários

Mulher Negra, Feminista e como Designer de Moda Autoral elabora produtos e imagens de moda a partir de reflexões sobre as relações étnico-raciais e de gênero. Professora Adjunta do Bacharelado em Estudos de Gênero e Diversidade - FFCH – UFBA e Doutoranda no Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade – IHAC – UFBA, pesquisa a relação entre Moda e Ativismo Político