Ellen Oléria se apresenta no Mês da Consciência Negra em São Paulo

Com programação gratuita, São Paulo promove uma série de shows para celebrar Zumbi dos Palmares

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, anuncia a programação do Mês da Consciência Negra. Com shows gratuitos em todas as regiões da cidade, o evento celebra a história de luta e resistência da população negra, valorizando a sua produção artística.

Em 2021, o evento é ainda mais emblemático, por simbolizar os 50 anos da primeira celebração do dia 20 de novembro, e também o início das reivindicações da data como Dia da Consciência Negra. Essa é a data do assassinato de Zumbi dos Palmares, líder quilombola brasileiro. A data foi reconhecida por lei federal em 2011 e oficializada como feriado municipal em 2004.

A abertura é marcada pelo show do pianista Amaro Freitas, dia 10, no Centro Cultural São Paulo (CCSP). Amaro apresenta um olhar para a cultura nordestina, traduzindo o frevo, o baião, o maracatu, a ciranda e o maxixe para a linguagem do jazz. O mesmo espaço também recebe, no dia 14, a Funmilayo Afrobeat Orquestra. A banda, idealizada pela cantora e saxofonista Stela Nesrine e pela trompetista Larissa Oliveira, é formada por 11 mulheres e pessoas não binárias negras.

Na Zona Leste, Ellen Oléria apresenta seu trabalho em uma versão intimista, acompanhada apenas do violão. O show acontece dia 14, no Centro Cultural Vila Formosa. Na Zona Noroeste, a Casa de Cultura Freguesia do Ó recebe show da cantora baiana Josyara, com sucessos do seu disco Mansa Fúria, produzido por Junix (BaianaSystem). A apresentação será dia 13.

No dia 26, a Casa de Cultura Itaim Paulista recebe a poesia de Nei Lopes, que apresenta suas letras de samba ao lado de Fernando Merlino (piano e direção musical), Ivan Machado (baixo) e Erivelton Silva (bateria). Já no dia 27, o MC e produtor musical Rincon Sapiência, à frente do selo MGoma, agita a Casa de Cultura Ipiranga, na região Sudeste, a partir das 19h. Para fechar o mês, o grupo de “cantadeiras” Clarianas leva uma mistura tipicamente brasileira à Casa de Cultura Casarão, na Vila Guilherme, com um repertório que soma influências de cânticos indígenas, sertanejos e africanos para narrar o cotidiano da periferia sob a ótica feminina.

Confira a programação:

Quarta-feira – 10/11
19h – Amaro Freitas
CENTRO CULTURAL SÃO PAULO

Sexta-feira – 12/11
17h – Arena do Flow
R. HIPÓLITO CAMARGO, GUAIANASES

Sábado – 13/11
18h – Ampli Fyah convida Laylah Arruda e Monkey Jhayam

VALE DO ANHANGABAÚ
19h – Bandula Hitech + Netos de África

VILA ITORORÓ
19h30 – Josyara
CASA DE CULTURA FREGUESIA DO Ó

Domingo – 14/11
18h – Funmilayo Afrobeat Orquestra
CENTRO CULTURAL SÃO PAULO

19h – Ellen Oléria
CENTRO CULTURAL VILA FORMOSA

Quinta-feira 18/11
19h – Kyan
CENTRO CULTURAL DA JUVENTUDE RUTH CARDOSO

Sexta-feira – 19/11
20h – Rico Dalasam
CENTRO DE CULTURAS NEGRAS

Sábado 20/11
20h – Bia Doxum
VILA ITORORÓ

Domingo – 21/11
16h – Kiki Ball Afrodiaspórica
CASA DE CULTURA BUTANTÃ

17h – Jéssica Ellen
CENTRO DE CULTURAS NEGRAS

22h – Crash Party + Jup do Bairro
CASA DE CULTURA HIP HOP LESTE

Quinta-feira – 25/11
19h – Dricka
CENTRO CULTURAL DA JUVENTUDE RUTH CARDOSO

Sexta-feira – 26/11
20h – Fabriccio
VILA ITORORÓ

20h – Nei Lopes – Poétnica
CASA DE CULTURA ITAIM PAULISTA

20h – WINE convida Emcee Lê e Tasha & Tracie
VALE DO ANHANGABAÚ

Sábado – 27/11
18h – África Mãe do Leão
VALE DO ANHANGABAÚ

19h – Rincon Sapiência
CASA DE CULTURA IPIRANGA

Domingo – 28/11
15h – Orquestra de Berimbaus do Morro do Querosene
CENTRO DE CULTURAS NEGRAS

15h – Marsha!
CENTRO CULTURAL DA DIVERSIDADE

17h – Afoxé Filho de Omo Dada
CENTRO DE CULTURAS NEGRAS

19h – Clarianas
CASA DE CULTURA CASARÃO

20h – Danna Lisboa e Banda Chá da Tarde
CENTRO CULTURAL DA DIVERSIDADE

Comentários

Comentários

About Author /

Start typing and press Enter to search