Home Capa Encenação do Grupo Odara revive mitos Yorubás e o universo mítico das...

Encenação do Grupo Odara revive mitos Yorubás e o universo mítico das matrizes africanas

Espetáculo ODARA: Tradição Cultura e Costumes de um Povo é o resultado de uma longa pesquisa sobre a ancestralidade negra e a afrobrasilidade.

Entre os dias 07 e 29 de agosto, o Grupo Odara, reconhecido por sua luta pela preservação da cultura afrodescendente por meio de ações sócios culturais promoverá o espetáculo ODARA, Tradição, Cultura e Costumes de um Povo, em curta temporada as quartas e quintas feiras no Teatro Oficina, às 21 horas.  O espetáculo tem a duração de 100 minutos e conta com um elenco de 65 pessoas  formado por  atrizes, cantoras, dançarinos, capoeiristas, músicos, produtores, técnicos, entre profissionais e alunos participantes  das vivencias afros realizadas na casa Florescer. Reúne diversos elementos artísticos como dança, teatro, música e audiovisuais, em uma narrativa baseada nos Mitos Yorubás e o envolvimento com a literatura brasileira. O trabalho investiga o universo mítico das matrizes africanas, além de ressaltar a diáspora e memória de “África/Brasil”.

Como resultado desta investigação, o musical (re)considera os olhares referentes à Afrobrasilidade e conta sobre a criação do mundo na visão Yorubá.

O público poderá adquirir ingressos na portaria no valor de R$ 40,00 inteira, R$ 20,00 meia-entrada ou ainda ingressos antecipados com o valor de R$ 25,00 por meio do link: https://appticket.com.br/espetaculo-odara

SINOPSE

Frente à necessidade social de uma reavaliação dos valores e referências culturais do país, o espetáculo ODARA, Tradição, Cultura e Costumes de um Povo, é uma verdadeira viagem feita por meio de uma narrativa descontraída   englobando dança afro, capoeira, maculelê, samba de roda, puxada de rede, dança dos orixás, samba reggae, entre outros atributos ligados à cultura africana e manifestações populares oriundas da Bahia. O espetáculo mostra a criação do mundo segundo a visão dos Iyorubás: Olorun, Senhor Supremo do Universo resolveu acabar com o ócio reinante  no Orun e decidiu criar um mundo habitado por seres em tudo semelhantes a Ele. Para o empreendimento, convocou todos os orixás, seus filhos, e sob o comando de Obatalá, seu primogênito, ordenou que partissem para criar o Ayê, a terra. A peça segue com o surgimento de novos povos, desde a vida livre do negro na África, passando pelo tráfico de escravos até o período contemporâneo, mostrando que apesar de tanto sofrimento, houve e há resistência que mantém viva a tradição, cultura e costumes desse povo. Encerramos esse espetáculo com a magia e a alegria de um grande carnaval de rua, resultando no mosaico plural de etnias que é o Brasil.

O espetáculo tem a duração de 100 minutos e conta com um elenco de 65 pessoas formado por atrizes, cantoras, dançarinos, músicos, capoeiristas, produtores, técnicos, entre profissionais e alunos participantes das vivências afros realizadas na Casa Florescer.

RESUMO

A criação do mundo na visão Iyorubá, reunindo teatro, dança, música e audiovisual em um só espetáculo.

 

FICHA TÉCNICA:

Atrizes:
Lena Silva
Mare Black
Vera Afrikna
Vera Luz

Cantoras:
Jurema Pessanha
Pri Zeferino
Raquel Tobias
Rafaela Romam 

Arranjos:
Amanda Ferraresi
Ito Alves
Rafaela Romam
Rod Jubeline 

Elenco Banda
Amanda Ferraresi (violoncelo)
Carlos Quilombola (percussão)
Cyntia Liminato (percussão)
Denis Lisboa (percussão)
Ito Alves (percussão)
José Alabe (percussão)
Rod Jubelini (piano e guitarra)
Teko (percussão) 

Elenco Dança:
Alex Rodrigues
Alexandra Souza
Alexandre Índio
Brandon Diciri
Bruno Souza
Carlos Vitos
Carolaine Rufino
Carolline Villar
Cristina Matamba
Cibele Souza
Debora Zum
Ellen Vieira
Evandro do Nascimento
Gabi Santos
Gislaine Roshelly
Guilherme Caballero
Inaê de Araújo Sales Amaral
Inara de Araújo Sales Amaral
Jaque Barbosa
Kelly Alimah
Kianda
Kyara Barbosa
Nani Salles
Pierre Brasil
Priscilla Alves
Teka Peteca
Vanessa Prearo
Ysmael Ribeiro

Elenco Capoeira
Chocolate
Debora Oliveira
Kleber da Silva
Magnata
Mestre Tijolo
Milton Nascimento
Paulinho Quilombola
Surikatte
Webert Rodrigues 

Direção Geral:
Marcio Telles

Ass. Direção:
Cibele Souza

Direção Artística:
Marcio Telles

Direção Musical:
Ito Alves

Preparação Vocal:
Rafaela Romam

Produção Executiva:
Marcio Telles

Produção Geral ODARA Produções:
Cibele Souza
Marcio Telles
Mayara Durães
Pháblo Costa
Tati Rommel

Direção de Cena:
Elisete Jeremias
Mayara Durães

Ass. Direção de Cena:
Angeli Cristiê

Fotografia:
Coletivo Huma
Biu Xá
Gui Griebler
Ferreira

Coreografia:
Cristina Matamba
Marcio Telles

Criação de Luz:
Paulo Pompeu (PP)

Operador de luz:
Filipe Sampaio

VJ:
Lucas Mendes

Operador de Áudio:
Clevinho Ferreira

Cabelo e Maquiagem:
Jhonny Bráz

Concepção de Figurino:
Marcio Telles

Direção de Figurino:
Cibele Souza

Camareira:
Selma Paiva

Design Gráfico:
Francisco Bispo

Comunicação:
Tati Rommel

contato.projetoodara@gmail.com

Agradecimentos: Zé Celso, Allan Vivacqua, Mãe Linda, Anderson Puchetti, Otto Barros, Gugu Quilombola, Maria Gal, Vanessa Pimentinha e Beto Silva

Apoio:

Quilombola de Luz, Casa Florescer, Espaço Pândega, Revista Raça, Yumi Paper & Print, Via Brasil Transaéreo, G.R.E.S. Nenê de Vila Matilde, ADESP, Moska, Tambores Zé Benedito, LR Corretor de Imóveis, Restaurante Planeta´s

 

 

SERVIÇO

Local: Teatro Oficina- Rua Jaceguai, 520- Bixiga

Data: de 07 a 29/08 – quartas e quintas às 21 horas

Duração: 100 minutos

Classificação indicativa: 12 anos

Ingressos: R$40,00 inteira, R$20,00 meia (estudantes, maiores de 60 anos, professores de rede pública e classe artística mediante a comprovação), R$20,00 morador do Bixiga  (mediante a comprovante de residência), R$5 (estudantes secundaristas de escola pública, imigrantes, refugiados, moradores de movimentos sociais de luta por moradia) – limitados à 10% da lotação diária

 Preço promocional: valor único R$25,00 para compras antecipadas pelo link: https://appticket.com.br/espetaculo-odara

A bilheteria do teatro abre com uma hora de antecedência nos dias de espetáculo.
Informações: 3106-2818
contato.projetoodara@gmail.com

 

Comentários

Comentários