Homem que se recusou a ser vacinado por enfermeira negra era foragido

Rapaz se recusou a ser vacinado por mulher negra em Pelotas (RS) e insultou voluntária

Um homem, branco, foi preso após se recusar ser vacinado por uma voluntária negra em Pelotas, no Rio Grande do Sul. Após a prisão, a polícia descobriu que, além de cometer o insulto racista, o detido era foragido da Justiça. O caso aconteceu na última sexta-feira (9).

Uma testemunha gravou o momento em que o rapaz foi detido por guardas municipais, em uma fila de vacinação no sistema drive-thru. “Dá pra acreditar nos dias de hoje acontecer isso?”, questionou a testemunha, incrédulo com a atitude racista.

A recusa em ser vacinado por uma mulher negra se deu após o homem apresentar os documentos para a imunização. No entanto, foi alertado de que havia irregularidades e, com isso, desistiu da aplicação. Em seguida, teria dito que até se vacinaria, mas com outra funcionária, além de afirmar que “negro só atrapalha”.

Comentários

Comentários

About Author /

Start typing and press Enter to search