Impedida de usar vestido de noiva por ser negra, vovó realiza seu sonho

Martha Tucker foi impedida de se casar usando um vestido branco por ser negra, mas realizou o sonho 70 anos após o casamento

Conhecido por ser um dos países mais racistas do mundo, os Estados Unidos de algumas décadas atrás era ainda pior do que hoje para a população negra.

Em 1952, Martha Tucker não conseguiu realizar o sonho de usar um vestido branco em seu casamento, simplesmente por ser negra e não poder entrar em lojas especializadas na cidade de Birmingham, Alabama.

A idosa, em entrevista ao The Washington Post, revelou que o fato marcou sua vida. “Eu sempre fiquei muito triste ao lembrar do meu casamento, porque eu deveria poder usar o que eu quisesse”, disse.

Porém, neste mês, a senhora de 94 anos finalmente realizou o sonho de usar um vestido de casamento branco. Ao descobrir a história, Angela Strozier, neta de Martha, ficou chocada e decidiu surpreender a avó, impedida de se casar como queria por conta da cor de sua pele.

A jovem agendou uma prova de roupa para a avó com o objetivo de “mostrar que um sonho adiado não é um sonho impossível”, como declarou ao jornal americano.

Para surpreender Martha, a neta preparou um dia de princesa para a avó, levando-a para almoçar, fazer maquiagem e, como a cereja do bolo, indo até a loja de vestidos onde a idosa se deparou com um vestido em decote V, com rendas e lantejoulas.

Ao perceber que a peça era para ela, Martha confessou ter certeza de que ainda iria realizar o sonho antes de morrer, e emocionada disse: “Me senti como uma noiva de verdade, queria ter casado com esse vestido. Queria que ele (o marido que faleceu em 1975) me visse”.

Comentários

Comentários

About Author /

Start typing and press Enter to search